Distância dos Planetas

Planetas

Entre as regularidades que apresenta o sistema solar, está a relação que guardam entre si as distâncias dos planetas ao centro do sistema, esta relação foi estudada por Johann Titius, e divulgada por Johann Bode, astrônomos alemães do século XVIII, e mostra que os planetas distanciam-se do Sol segundo números proporcionais ao resultado da expressão

                                                    n - 1
                                                          -----------
                                                  4 + 3 (2)

onde n é a ordem de proximidade em relação ao Sol. Comparem-se entre as distâncias dadas pela lei de Titius-Bode com aquelas determinadas pela observação, considerando-se a distância Sol - Terra como unidade. Observe-se na tabela a seguir, que essa fórmula empírica fornece uma extraordinária aproximação e que deve ser levada em conta nas hipóteses sobre a origem e evolução do sistema planetário. Isto se tornou mais notável após a descoberta, a partir de 1801, dos asteróides, cuja distância média em relação ao Sol teria, na terceira coluna da tabela abaixo, o valor 2,82, ocupando o vazio entre Marte e Júpiter, previsto pela relação empírica. Os valores observados das distâncias de Netuno e Plutão, que se afastam mais que os outros dos resultados empíricos de Titius-Bode, poderiam ser explicados por uma origem diferente destes planetas, ou por uma alteração de suas órbitas posterior à sua formação.

Segue a ordem:

Planeta - Distância pela lei de Titius-Bode - Distância determinada pela observação
Mercúrio                   0,4                                                      0,39
Vênus                      0,7                                                      0,72
Terra                        1,0                                                      1,00
Marte                       1,6                                                     1,52
Júpiter                      5,2                                                     5,20
Saturno                   10,0                                                    9,53
Urano                      19,6                                                   19,10
Netuno                    38,8                                                    30,00
Plutão                      77,2                                                   39,40

Embora as distâncias dos planetas em relação ao Sol, quando expressas em quilômetros, possam parecer imensas, elas se tornam insignificantes se comparadas com aquela que separa o Sol da estrela mais próxima. Mercúrio dista cerca de 60 milhões de quilômetros do Sol, Plutão cerca de 6 bilhões, enquanto que alfa do Centauro, a menos afastada das estrelas, está aproximadamente a 3 x 10¹³ quilômetros. As distâncias interestelares são, assim, pelo menos 10.000 vezes maiores que as interplanetárias, o que mostra o grande isolamento cósmico em que se encontra o sistema solar.


Comente!

Receba novidades

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o