Home Biologia > Corpo Humano > O que é ato reflexo e como ele ocorre

O que é ato reflexo e como ele ocorre

A retirada do dedo, quando encostado inadvertidamente em uma superfície quente, ou o “chute no ar”, desferido quando o médico toca com o martelo o joelho de seu paciente, são exemplos clássicos de atividades reflexas, ou atos reflexos.

Publicidade

São realizadas automaticamente; o cérebro é informado sobre sua execução, mas não foi dele que partiu a ordem para que fosse feito o movimento. O movimento executado é chamado ato reflexo, ou apenas reflexo.

O caminho percorrido pelo impulso nervoso, que levou à execução do movimento, é o arco reflexo. Nos invertebrados, há arcos reflexos simples, envolvendo apenas um neurônio. Entretanto, entre os vertebrados, os arcos reflexos incluem pelo menos dois neurônios.

No arco reflexo simples, o impulso percorre dois neurônios. Quando o tendão do músculo da coxa, inserido na patela, um osso do joelho, é estimulado pelo martelo, a distensão estimula receptores nele presentes que geram um impulso nervoso transmitido por um neurônio sensitivo a um neurônio motor e deste para o músculo, que se contrai, e o paciente dá um “chute no ar” – é o ato reflexo patelar.

Ato reflexo patelar
Ato reflexo patelar. Nesse caso, o arco reflexo é simples, pois participam apenas o neurônio sensitivo e o neurônio motor.

No arco reflexo composto, o impulso percorre três neurônios. O estímulo é percebido pelo neurônio sensorial, cujo corpo celular se encontra no gânglio sensorial localizado ao lado da coluna vertebral. Do neurônio sensorial, por meio de uma sinapse, o impulso é transmitido para o neurônio de associação (interneurônio), localizado integralmente na medula espinhal.

Publicidade

Na mesma região sináptica, o impulso nervoso atinge a terminação de um outro neurônio, que transfere a informação para o encéfalo. Do neurônio de associação, o impulso nervoso chega ao neurônio motor, que o transmite até os músculos que irão executar o movimento. Antes que o cérebro analise a situação, a mão é retirada – é o ato reflexo de retirada.

Ato reflexo de retirada.
Ato reflexo de retirada. Nesse caso, o arco reflexo é composto, pois há a participação do neurônio sensitivo, do neurônio associativo, localizado inteiramente na medula espinhal, e do neurônio motor.

Observe que há dois trajetos sendo percorridos simultaneamente: do neurônio sensorial para o neurônio motor (movimento sendo executado); e do neurônio sensorial para o encéfalo (percepção consciente do estímulo).

Embora sejam eventos simultâneos, são relativamente independentes, ou seja, o movimento de retirada é executado não por- que nós sentimos a dor, mas, sim, ao mesmo tempo em que sentimos a dor. Os caminhos percorridos pelos impulsos nervosos são distintos.

Por: Wilson Teixeira Moutinho

Veja também: