Procariontes e Eucariontes

Na Biologia, considera-se uma entidade como ser vivo quando ela é capaz de realizar processos como crescimento e reprodução e quando é capaz de responder a estímulos internos e externos. Os seres vivos são divididos em procariontes, eucariontes, autótrofos e heterótrofos.

Seres procariontes e eucariontes

Considerando a organização celular, os seres vivos podem ser divididos em dois grupos. Um deles é composto pelos seres procariontes, possuidores de células com organização simples, ou seja, células desprovidas de envoltório nuclear, ou carioteca, e citoplasma muito simples com poucas estruturas. Como exemplos de seres vivos procariontes temos as bactérias e as cianobactérias, que já foram chamadas de algas azuis.

Outro grupo de seres vivos são os eucariontes, que possuem células mais complexas, com presença de envoltório nuclear e muitas organelas citoplasmáticas como mitocôndrias, retículo endoplasmático, ribossomos, complexo golgiense etc. Nesse grupo, encontramos uma grande variedade de organismos que diferem quanto à forma, ao tamanho e ao grau de desenvolvimento. São exemplos de seres eucariontes os protozoários, as algas, os fungos, as plantas e os animais.

Todavia, há um outro grupo de seres vivos que não pode ser classificado como procariontes ou eucariontes, devido à sua organização. Trata-se dos vírus, organismos acelulares, sem metabolismo próprio e que possuem apenas organização molecular. Esses organismos são considerados seres vivos por apresentarem capacidade de reprodução e material genético.

Tipos de seres vivos
Tipos de seres vivos: acelulares (A), procariontes (B) e eucariontes (C e D)

Seres autótrofos e heterótrofos

Uma outra maneira de dividir os seres vivos é levar em conta o tipo de nutrição de cada espécie. Nessa divisão, temos os organismos que são chamados de autótrofos e os organismos que são chamados de heterótrofos. Os autótrofos são aqueles que podem produzir o seu próprio alimento, e a maioria o faz através do processo de fotossíntese, sendo representada pelas plantas, algas e cianobactérias.

Já os organismos heterótrofos são aqueles que não conseguem produzir seu próprio alimento e devem se alimentar de outros organismos ou de matéria presente no ambiente. São exemplos de organismos heterótrofos os fungos, os animais e a maioria das bactérias.

Por: Wilson Teixeira Moutinho

Veja também: