Text I

Exercícios sobre Text I

Leia o artigo: Como ler em inglês


Questões:

Why Brazil loved him

To many Brazilians, Senna communicated a vulnerability that they appreciated all the more because they
knew he had to set his fears aside whenever he climbed into the cockpit. What sealed the love aftair the country had with Senna was his willingness, or perhaps his need, to share the glory: after every win he would reach for a Brazilian flag and hoist it high above his head for the victory lap. His popularity was magnified by the contrast with his country's sense of collective demise. As his career revvep up in the '80s, Brazil was headed the other way, descending into economic and political disarray, frustation and selfdoubt. Senna, presidential adviser Augusto Margazão said last week, "was the luminous flip side of the negative state in which lay the Brazilian soul." In short, his success was seen as proof that despite a 45% a-month inflation rate, growing poverty and never-ending corruption scandals, Brazil could still come out a winner.

For seven frustrating years, though, Senna's dream of a victory at home, in the Brazilian Grand Prix, eluded
him. He finally won the race in 1991, but only after a cliffhanger finish and typical heroics. He was leading
comfortably, with only a few kilometers to go, when the gearbox of his car jammed. By the last lap only one gear was functioning, but Senna wrestled his McLaren-Honda to the checkered flag. So exhausted he could barely lift his arms, grimacing from the pain, he hoisted the trophy and the flag.

Senna won in Brazil again in 1993 in equally dramatic fashion - this time against his archrival, the Frenchman Alain Prost. (Over the years, Senna's flat-out duels with Prost, including several dangerous collisions, had fostered an enmity that Prost says did not ease until just before Senna's death.) Prost and his teammate.

Damon Hill had been much faster in practice, and the fans knew that only a race-day downpour would give
Senna, the acknowledged master of wet-track driving, a chance. Brazil prayed for rain. The next day, with Prost in the lead, the heavens opened. The Frenchman promptly crashed; Senna catapulted into first place and stayed there. As the race ended, the sun came out.

Time International, n° 20 (May 16, 1994), p. 36, 37.


Vocabulary:

 * many muitos   * dream: sonho
* because:  porque   * at home: em casa
* to know: saber, conhecer   * elude: frustrar, iludir
* to set aside: por de lado   * race: corrida
* fears: receios, temores   * only: apenas
* whenever: sempre que   * after: depois
* to climb: subir, entrar   * to lead: liderar
* cockpit: cabina   * gearbox: caixa de câmbio
* to seal: selar   * to jam: emperrar
* love affair: caso de amor   * to wrestle: lutar com
* country: país   * checkered flag: bandeira xadrez
* willingness: vontade, desejo   * barely: mal
* perhaps: talvez   * to lift: erguer
* to share: win   * arms: braços
* to reach for: pegar   * to grimace from the pain: fazer cara de dor
* flag: bandeira   * again: novamente
* to hoist: erguer, levantar   * equally: igualmente
* high above: bem acima   * against: contra
* head: cabeça   * archrival: arqui-rival
* lap: volta, giro   * over the years: com o passar dos anos
* sense: sentido   * several: diversos
* demise: morte, falecimento   * dangerous: perigoso
* career: carreira   * to foster: fomentar
* to rev up: deslanchar   * enmity: inimizade
* in the '80s: na década de 80   * to ease: diminuir, minimizar
* to be headed: ser levado a   * until: até
* the other way: para o outro lado   * death: morte
* disarray: desordem   * teammate: companheiro de equipe
* self-doubt: descrença   * much faster: muito mais veloz
* adviser: conselheiro   * downpour: aguaceiro
* to say: dizer   * to give: dar
* last week: semana passada   * acknowledged: reconhecido
* flip side: secundário   * wet-track: pista molhada
* state: estado   * to pray: rezar
* to lie: encontrar-se, estar   * rain: chuva
* soul: alma   * in the lead: na liderança
* in short: em poucas palavras   * the heavens opened: choveu demais
* to see: ver   * promptly: imediatamente
* proof: prova   * to crash: colidir
* despite: apesar de   * to catapult into: projetar
* inflation rate: índice de inflação   * first place: primeiro lugar
* growing poverty: probreza crescente   * to stay: ficar
* never-ending: sem fim   * there:
* can, could: poder   * as: quando
* still: ainda   * to end: terminar
* to come out: surgir   * sun: sol
* winner: vencedor   * trough: contudo

 

01. De acordo com o texto:

a) Senna tinha mais necessidade do que desejo de compartilhar suas vitórias; por isso, para selar o seu amor pelo Brasil, exibia a bandeira brasileira na hora da chegada.

b) O desejo de compartilhar a glória após cada vitória, quando Senna levantava uma bandeira do Brasil na hora da chegada, selou o amor do seu país para com ele.

c) Senna conquistava o amor e a admiração de seus compatriotas pela maneira como superava o medo na hora de entrar na cabina do carro.

d) Muitos brasileiros admiravam a coragem e a capacidade de Senna porque percebiam a sua vulnerabilidade e achavam que ele transmitia muita esperança no futuro do país.

e) Senna sabia que o mais importante de tudo era exibir uma bandeira brasileira na hora da chegada e da vitória, pois isso era tudo o que os brasileiros queriam ver.
 
 
02. De acordo com o texto:

a) Enquanto sua carreira ascendia, o país seguia o caminho oposto. Assim, o seu sucesso era visto como prova de que, apesar da inflação, da pobreza e da corrupção, o Brasil tinha como vencer.

b) A ascensão de Senna na carreira automobilística deixava muitas pessoas perplexas porque isso marcava um forte contraste com a triste realidade social e econômica que o Brasil atravessava.

c) O sucesso de Senna na carreira automobilística convencia muitas pessoas de que a realidade brasileira poderia ser mudada com pouco esforço e a vida dos brasileiros haveria de melhorar.

d) A popularidade de Senna aumentava na medida em que o seu sucesso representava possibilidades de
progresso para o país como um todo e a realização do sonho individual dos brasileiros.

e) O sucesso de Senna era por muitos considerado como um mau exemplo para o povo brasileiro, na maioria pobre, que deixava de lado as coisas mais importantes da vida para pensar em corrida de automóvel.
 
 
03. Conforme o texto, assinale a alternativa correta:

a) Senna venceu o primeiro Grande Prêmio do Brasil em 1991 porque teve muita sorte, pois já havia passado
pela bandeira xadrez, quando o câmbio de seu carro enguiçou, apesar do grande esforço feito para que isso
não acontecesse.

b) A primeira corrida que Senna venceu no Brasil foi relativamente fácil, pois a vitória já estava garantida, quando um pequeno contratempo ocorreu, exigindo um pouco de esforço do campeão no final.

c) Senna venceu o primeiro Grande Prêmio do Brasil em 1991 depois de muito sacrifício. Quando passou pela bandeira xadrez, estava tão exausto que mal conseguia levantar os braços para erguer o troféu e a bandeira.

d) Ao conquistar sua primeira vitória em autódromo brasileiro, Senna comemorou com tanta alegria e tanto
orgulho que até se esqueceu das dores que sentia depois do grande esforço que fez para ganhar a corrida.

e) A primeira vitória de Senna no Brasil serviu para acabar com seus pesadelos e frustrações bem como para fazê-lo esquecer-se de todas as restrições feitas pelos organizadores das corridas.
 
 
04. De acordo com o texto, indique a alternativa correta:

a) Senna e Alain Prost fizeram as pazes pouco antes da morte do brasileiro, para não empanar o brilho da
corrida que se realizaria em São Paulo, pois já havia esclarecido vários mal-entendidos ocorridos
anteriormente.

b) A inimizade entre Senna e Prost fez com que o corredor brasileiro se empenhasse cada vez mais para vencer a corrida no Brasil; um fracasso ou um fiasco aí poderia representar o fim da carreira do nosso campeão.

c) Todas as corridas disputadas entre Prost e Senna eram muito perigosas em virtude do drama criado em torno das rixas entre os dois campeões, que nunca se preocuparam com uma possível reconciliação.

d) A última corrida que Senna venceu no Brasil foi a mais difícil de todas porque, embora o brasileiro se desse bem em pista molhada, Alain Prost e Damon Hill eram os mais velozes em qualquer tipo de pista.

e) Senna venceu outra vez no Brasil em condições igualmente dramáticas, num duelo com seu grande rival, Alain Prost, que se tornara seu inimigo por causa de algumas colisões perigosas em corridas antes disputadas.
 
 
05. De acordo com o texto, assinale a alternativa correta:

a) Não fosse a fé dos brasileiros, que inspirou a vitória de Senna e impressionou os estrangeiros, a corrida de 1993 poderia ter acabado em fracasso ou tragédia.

b) Os brasileiros rezaram pedindo chuva, pois sabiam que, em pista molhada, Senna teria mais condições de vencer Alain Prost e Damon Hill.

c) Quanto mais chovia, mais melhorava o desempenho de Senna, o que impressionou os seus rivais a tal ponto que estes abandonaram  a corrida.

d) Os corredores estrangeiros chegaram a pensar que o horário da corrida fora marcado em função da chuva,
para beneficiar o nosso campeão.

e) As orações dos brasileiros fizeram com que chovesse o tempo necessário para garantir a vitória de Senna em 1993, pois, quando acabou a corrida, o sol voltou a brilhar.



Resolução:

01. B 02. A 03. C 04. E
05.
     



Comente!

Receba novidades

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o