Home » Geografia » Carvão Mineral

Carvão Mineral

O carvão mineral é oriundo da decomposição das florestas que ocorreram no período Carbonífero, da era primária, sendo uma das formas em que o elemento carbono é encontrado no Globo Terrestre, na formação do carvão mineral ocorre um processo no qual há transformação da celulose, com a saída de íons de hidrogênio e oxigênio e um aumento no enriquecimento do carbono, dando origem à hulha.

A hulha pode ser originada pela decomposição de florestas no próprio local, ou ainda, pela sedimentação de detritos vegetais trazidos pelas águas. Assim pode-se dizer que as jazidas de carvão representam restos de vegetais que foram transformados no local, ou transportados por longas distâncias, onde ocorreu a decomposição da celulose pela ação de bactérias, como por exemplo, o Micrococus carbo, uma bactéria anaeróbica.

A condição de um relevo plano com lagos e pantanais e a existência de florestas exuberantes no Sul do Brasil devido ao clima , permitiram a deposição de matéria morta vegetal no período Carbonífero.

A boa qualidade do carvão depende da pequena quantidade de minerais existentes em sua composição, pois estes minerais não queimam e ainda roubam calor. Temos como exemplo os carvões húmicos que possuem em sua composição matéria mineral como a argila, areia, pirita ou marcassita, etc, além da fração combustível.

Os terrenos da idade termocarbonífera encontram-se desde o Estado de São Paulo até o Rio Grande do Sul, sendo que a série tubarão e que nos apresenta maior interesse.

A série Tubarão pode ser dividida em dois grupos: grupo bonito e grupo palermo. O grupo bonito apresenta maior interesse econômico, sendo que pode ser definido como um composto de camadas arenosas, argilosa e de carvão. Segundo Putzer, os carvões de Santa Catarina tiveram sua formação terra firme, em bacias rasas e não muito extensas, ocorrendo a predominância de carvões betuminosos que apresentam um teor de matéria volátil superior a 25 %, e grande quantidade de hidrocarbonetos pesados, que são utilizados como fonte de carvão metalúrgico. As áreas carboníferas de maior importância do Estado de Santa Catarina esta localizada na Serra do Mar. Alguns municípios que devem ser citados são: Lauro Müller, Uruçanga, Sideróplis e Orleans.

Apesar da existência de várias áreas carboníferas, o carvão produzido no Brasil é de má qualidade, tendo como conseqüência a pouca conversão do mesmo em coque metalúrgico. No Estado do Rio Grande do Sul e Paraná o carvão produzido é em sua grande maioria utilizado para gerar calor nas usinas termelétricas. Uma tendência que pode ser observada no Brasil é a da ampliação do uso do nosso minério como matéria- industrial , e até mesmo a utilização dos subprodutos do beneficiamento a fim de produzir o ferro e o ácido sulfúrico.

Autoria: André Amato


Veja também:



Comente!

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o