Home » Geografia » Ciclo das Rochas

Ciclo das Rochas

O Ciclo das Rochas inicia-se com a destruição das rochas da superfície pela ação dos agentes externos, como o intemperismo e a erosão ou a aglutinação de ambos.

O intemperismo é o processo de degradação das rochas, acontece quando expostas à atmosfera sofrem um ataque erosivo, provocado pelo clima, que pode modificar o seu aspecto físico ou a sua composição mineralógica. A erosão é o processo de desgaste mecânico, operado pelas águas correntes, pelo vento, pelo movimento das geleiras e pelos mares.

Os produtos resultantes da destruição são transportados por diversos fluidos, passando a circular sobre a superfície terrestre por ação do calor solar e pela gravidade.

Quando cessa a energia que os fazem circular, eles depositam-se nas regiões mais baixas, formando então as rochas sedimentares.

Com o passar do tempo as rochas sedimentares são sepultadas a grandes profundidades, sofrendo conseqüentemente o efeito do calor terrestre e se tornando cada vez mais duras.

Nos níveis mais profundos, cerca de 10 a 30 km, a temperatura e a pressão são maiores, acontecendo a transformação em rochas metamórficas.

A temperatura continua aumentando cada vez mais, ocorre a fusão e ela se transforma em rocha ígnea.

Devido a ação do movimento do manto, ocorre o processo de levantamento dessa rocha ígnea, cada vez mais, ela tende a subir a níveis superiores.

Após milhões de anos, finalmente a rocha chega a superfície terrestre e novamente começa a sofrer a ação dos agentes externos, reiniciando assim o ciclo.

Ciclo das Rochas

  1. Ataque intempérico, erosão e transporte.
  2. Cimentação, diagênese (transfor­mação de sedimentos incoerentes em sedimentos consolidados), recristalização a baixa temperatura.
  3. Fusão pela incorporação direta a qualquer massa ígnea após subsidência.
  4. Metamorfismo: pelo aumento das condições de temperatura, pressão orientada ou pela conjugação de ambos os proces­sos, graças à subsidência (descida lenta).
  5. Vulcanismo: por meio de rupturas da crosta o magma basáltico provindo do manto se derrama à superfície.
  6. Soerguimento conjugado com a erosão das camadas superiores.
  7. Formação de gabros (rocha magmática plutônica, em geral preta), peridotitos (rocha eruptiva granular), kimberlitos (rocha magmática vulcâ­nica brechada - é a rocha matriz do diamante e ocorre sob a forma de chaminés ou diques), etc.
  8. Formação de metabasitos.


Veja também:

 



Comente!

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o