Home Guia de Profissões > Engenheiro de Alimentos

Engenheiro de Alimentos

Temos o profissional Engenheiro de Alimentos como um profissional da área de engenharia que se ocupa da fabricação, bem como da conservação, o armazenamento e o transporte de diversos tipos de alimentos industrializados.

Publicidade

Este profissional atua exclusivamente na indústria, e participa das várias etapas de preparo e da conservação dos alimentos sejam de origem animal ou vegetal, de seleções de matérias primas e uma definição dos sistemas de armazenamento, e até mesmo os projetos de embalagens por exemplo. Entre outras particularidades, este é um profissional que poderá desenvolver tecnologias limpas e processos para o total aproveitamento dos resíduos.

As indústrias de alimentos são o campo maior de atuação deste profissional, em contrapartida ele poderá trabalhar em indústrias fornecedoras de equipamentos diferenciados, embalagens e de aditivos também.

Dentro dos negócios, este profissional ainda é responsável por laboratórios de análise sensorial, um local onde são feitos testes de apurações de cores, odores, sabores e na textura de alimentos. Quanto ao setor de marketing, o profissional deverá utilizar o seu conhecimento técnico como um diferencial para a prospecção e a abertura de diversos mercados de atuação e para apoio as áreas de vendas.

Engenheiro de Alimentos

Publicidade

Neste curso, os dois primeiros anos são de formação básica, com aulas de matemática, química e bioquímica. Posteriormente o currículo volta a disciplinas ligadas para a produção e conservação de alimentos.

Estes conteúdos de áreas de economia e administração geram o fundamento para o futuro profissional que deve atuar no gerenciamento industrial. A realização de estágios e a apresentação de trabalho são obrigatórios.

Mercado

Para este profissional, a grande elevação de renda média das famílias, e a mudança de hábitos alimentares dos brasileiros são apenas alguns dos fatores que podem ajudar a aumentar o consumo do produto alimentício industrializado, e automaticamente a demanda por estes profissionais.

Opções de trabalho

O profissional deverá atuar nas indústrias agrícola, alimentícia e indústrias de bebidas para que possa atuar de forma direta na linha de produção atuando em controles de qualidade, vendas e desenvolvimento dos novos produtos.

As indústrias dos setores estão espalhadas em todo o Brasil, e o Sudeste é a região que mais possui demanda para os profissionais. No Centro Oeste temos a indústria de carne e soja, e no Nordeste a de polpas de frutas para atuação.

Remuneração

A remuneração média inicial é equivalente de R$ 1.800 por mês para seis horas de trabalho diárias.

A formação do profissional ocorre em até dez semestres, e entre as instituições que oferecem os melhores cursos podemos citar UFRJ-Rio de Janeiro/RJ; UFRGS-Porto Alegre/RS; UFSC-Florianópolis/SC; Unicamp-Campinas/SP, Escola de Engenharia Mauá-São Caetano do Sul/SP; Unesp-São José do Rio Preto/SP; URI-Erechim/RS; EEM-São Caetano do Sul/SP.