Home História do Brasil > Brasil Antes de Cabral

Brasil Antes de Cabral

Os primeiros habitantes do Brasil

Até pouco tempo, era comum associar a ideia do nascimento histórico do Brasil à chegada de Cabral, em 1500, e esquecer que a Pré-História não é exclusiva da trajetória europeia. Mas o “homem das cavernas” também existiu no território nacional. Estudos arqueológicos têm encontrado vestígios de grupos humanos que habitaram a região há pelo menos 15 mil anos.

Publicidade

Pouco se sabe sobre a história desses grupos. Alguns estudos indicam que os indígenas brasileiros podem ter herdado os olhos levemente puxados de ancestrais asiáticos, que teriam vindo ao longo de milhares de anos.

Na década de 1970, uma descoberta trouxe novos elementos a essa discussão: num sítio arqueológico perto de Belo Horizonte foi achado o crânio de uma mulher, chamada pelos estudiosos de Luzia, que teria vivido há cerca de 11 mil anos. Uma simulação feita sobre esse fóssil mostrou uma mulher com traços diferentes da população indígena tipicamente brasileira, o que pode indicar antepassados de origem africana ou australiana, além da asiática.

Sítios arqueológicos brasileiros

Os primeiros habitantes das terras que viriam a se chamar Brasil não desenvolveram nenhuma forma de
escrita, mas deixaram numerosos vestígios, como pinturas rupestres, fósseis de animais pré-históricos e utensílios variados, descobertos em locais considerados importantes sítios arqueológicos. Os principais, até o momento, são:

Sambaquis (em tupi, “amontoado de conchas”). Essas construções revelam antigos cemitérios comunais, pois já foram encontrados sepultamentos de milhares de pessoas nesses locais.

A quantidade de sepultamentos ajuda a comprovar, por exemplo, se as populações de determinado local eram sedentárias. Muitos sambaquis ainda contêm restos de fogueiras, além de uma rica fauna pré-histórica.

Esses “depósitos” localizam-se principalmente em regiões lagunares, como o sambaqui brasileiro de Garopaba do Sul, em Jaguaruna (SC), considerado o maior do mundo.

• Sítios cerâmicos, líticos e arte rupestre. A cultura marajoara é o exemplo mais conhecido de povos ceramistas que viviam na Ilha de Marajó, na foz do rio Amazonas. Objetos feitos de pedra também foram encontrados na região paulista do Vale do Ribeira, constituindo um importante sítio lítico.

Publicidade

A pintura rupestre pode ser vista em todo o país, sendo famosas as do Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, e as da Toca da Esperança, na Bahia.

Cotidiano das populações brasileiras antes da chegada de Cabral:

População brasilleira antes da chegada de Cabral
Vida em aldeia (1); indo caçar (2); mulheres cuidando das crianças e da alimentação (3) e mata sendo derrubada para o plantio (4), no sistema conhecido como “agricultura de coivara”.

Por: Paulo Magno da Costa Torres

Veja também: