Home História do Brasil > Golpe da Maioridade

Golpe da Maioridade

O Golpe da Maioridade, também conhecido como Declaração de Maioridade, ocorreu em 1840 com o apoio do Partido Liberal e pôs fim ao Regime Regencial Brasileiro.

Publicidade

Antecedentes:

Iniciando em 1835 a idéia de antecipar a ascensão do jovem Dom Pedro II ao trono imperial ganha uma notória força principalmente por parte dos grandes proprietários de terras e escravos, que viam com desconfiança o processo de descentralização política iniciado na Regência.

Ao mesmo tempo as revoltas regenciais que vinham acontecendo no Brasil, arrebentando várias províncias, exigiam alguma medida de ordem e acreditavam fielmente que ter uma autoridade monárquica poderia conter esses excessos.

O Golpe da Maioridade

Dessa maneira os membros do Partido Liberal agitaram toda a população que pressionou o Senado a declarar o jovem Pedro II maior de idade antes mesmo de completar 14 anos de idade.

Golpe da MaioridadeEsse ato, teve como principal objetivo a transferência de poder a Dom Pedro II para que este pudesse por fim a todas as disputas políticas que, no momento, abalavam o Brasil na ausência de um líder nacional. Essa liderança seria essencial para várias revoltas que estavam acontecendo no momento, a farroupilha, a sabinada, a cabanagem, a revolta do malês e a balaiada. Segue a declaração na integra:

Brasileiros!

A Assembléia Geral Legislativa do Brasil, reconhecendo o feliz desenvolvimento intelectual de S.M.I. o Senhor D. Pedro II, com que a Divina Providência favoreceu o Império de Santa Cruz; reconhecendo igualmente os males inerentes a governos excepcionais, e presenciando o desejo unânime do povo desta capital; convencida de que com este desejo está de acordo o de todo o  Império, para conferir-se ao mesmo Augusto Senhor o exercício dos poderes que, pela Constituição lhe competem, houve por bem, por tão ponderosos motivos, declará-lo em maioridade, para o efeito de entrar imediatamente no pleno exercício desses poderes, como Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do  Brasil.

Publicidade

Brasileiros! Estão convertidas em realidades as esperanças da Nação; uma nova era apontou; seja ela de união e prosperidade. Sejamos nós dignos de tão grandioso benefício.

Paço da Assembléia Geral,  23 de julho de 1840

Além de por fim a Regência que estava nas mãos do Partido Conservador, a coroação de D. Pedro II permitiu a estabilização política do País, centralizando as atenções na figura do jovem Imperador.

Além disso, as revoltas citadas foram todas finalizadas. A farroupilha finalizada em 1845. A Balaiada em 1841. A Cabanagem em 1840.

Já a revolta do Malês foi uma mobilização de escravos de origem muçulmana na noite do dia 24 para o dia 25 de janeiro de 1835.

E a Sabinada teve seu fim antes mesmo da maioridade de Dom Pedro II ser decretada, em 1838

Por: Pedro Augusto Rezende Rodrigues

Veja também: