Home » Português » Concordância Verbal

Concordância Verbal

Regra geral da concordância verbal

O verbo concorda com o sujeito em número e pessoa.

Exemplos:

  • O técnico escalou o time.
  • Os técnicos escalaram os times. 

Casos especiais da concordância verbal

Sujeito composto

a) anteposto: verbo no plural.

b) posposto: verbo concorda com o mais próximo ou fica no plural.

c) de pessoas diferentes: verbo no plural da pessoa predominante.

d) com núcleos em correlação: verbo concorda com o mais próximo ou fica no plural.

e) ligado por COM: verbo concorda com o antecedente do COM ou vai para o plural.

f) ligado por NEM: verbo no plural e, às vezes, no singular.

g) ligado por OU: verbo no singular ou plural, dependendo do valor do OU.

Exemplos da concordância verbal: 

  • O técnico e os jogadores chegaram ontem a São Paulo.
  • Chegou(aram) ontem o técnico e os jogadores.
  • Eu, você e os alunos iremos ao museu.
  • Tu, ela e os peregrinos visitareis o santuário.
  • O cientista assim como o médico pesquisa(m) a causa do mal.
  • O professor, com os alunos, resolveu o problema.
  • O maestro com a orquestra executaram a peça clássica.
  • Nem Paulo nem Maria conquistaram a simpatia de Joana.?
  • Valdir ou Leão será o goleiro titular.
  • João ou Maria resolveram o problema.
  • O policial ou os policiais prenderam o perigoso assassino.

Sujeito constituído por:

a) um e outro, nem um nem outro: verbo no singular ou plural.

b) um ou outro: verbo no singular.

c) expressões partitivas seguidas de nome plural: verbo no singular ou plural.

d) coletivo geral: verbo no singular.

e) expressões que indicam quantidade aproximada seguida de numeral: verbo concorda com o substantivo.

f) pronomes (indefinidos ou interrogativos) seguidos de pronome: verbo no singular ou plural.

g) palavra QUE: verbo concorda com o antecedente.

h) palavra QUEM: verbo na 3ª pessoa do singular.

i) um dos que: verbo no singular ou plural.

j) palavras sinônimas: verbo concorda com o mais próximo ou fica no plural.

Exemplos da concordância verbal:

  • Um e outro médico descobriu(ram) a cura do mal.
  • Nem um nem outro problema propostos foi(ram) resolvido(s).
  • A maioria dos candidatos conseguiu(iram) aprovação.
  • Mais de um jogador foi elogiado pela crônica esportiva.
  • Cerca de dez jogadores participaram da briga.
  • O povo escolherá seu governante em 15 de novembro.
  • Qual de nós será escolhido?
  • Poucos dentre eles serão chamados pelo Exército.
  • Alguns de nós seremos eleitos.
  • Hoje sou eu que faço o discurso.
  • Amanhã serão eles quem resolverá o problema.
  • Foi um dos alunos desta classe que resolveu o problemas.
  • Seu filho foi um dos que chegaram tarde.
  • A Ética ou a Moral preocupa-se com o comportamento humano.

Verbo acompanhado da palavra SE

a) SE = pronome apassivador: verbo concorda com o sujeito paciente.

Exemplosl:

  • Viam-se ao longe as primeiras casas.
  • Ofereceu-se um grande prêmio ao vencedor da corrida.

b) SE = índice de indeterminação do sujeito: verbo sempre na 3ª pessoa do singular.

Exemplos:

  • Necessitava-se naqueles dias de novas idéias.
  • Estava-se muito feliz com o resultado dos jogos.
  • Morria-se de tédio durante o inverno.

Verbos impessoais

Verbos que indicam fenômenos; verbo haver indicando existência ou tempo; verbo fazer, ir, indicando tempo: ficam sempre na 3ª pessoa do singular.

Exemplos:

  • Durante o inverno, nevava muito.
  • Ainda havia muitos candidatos para a Universidade.
  • Ontem fez dez anos que ela se foi.
  • Vai para dez meses que tudo terminou.

Verbo SER

a) indicando tempo, distância: concorda com o predicativo.

Exemplos da concordância verbal:

  • Hoje é dia três de outubro, pois ontem foram dois e o amanhã serão quatro.
  • Daqui até o centro são dez quilômetros.

b) com sujeito que indica quantidade e predicativo que indica suficiência, excesso: concorda com o predicativo. 

Exemplos:

  • Dez feijoadas era muito para ela.
  • Vinte milhões era muito por aquela casa. 

c) com sujeito e predicativo do sujeito: concorda com o que prevalecer.

Exemplos:

  • O homem sempre foi suas idéias.
  • Santo Antônio era as esperanças da solteirona.
  • O problema eram os móveis.
  • Hoje, tudo são alegrias eternas.
  • Mulheres discretas é coisa rara.
  • A Pátria não é ninguém; somos todos nós.

Verbo DAR

Verbo dar (bater e soar) + hora(s): concorda com o sujeito.

Exemplos:

  • Deram duas horas no relógio do campanário.
  • Deu duas horas o relógio da igreja.

Verbo PARECER

Verbo parecer + infinitivo: flexiona-se um dos dois.

Exemplos:

  • Os cientistas pareciam procurar grandes segredos.
  • Os cientistas parecia procurarem grandes segredos.

Sujeito = nome próprio plural.

a) com artigo singular ou sem artigo: verbo no singular.

Exemplol:

  • O Amazonas deságua no Atlântico.
  • Minas Gerais exporta minérios.

b) com artigo plural: verbo no plural. 

Exemplos da concordância verbal:

  • Os Estados Unidos enviaram tropas à zona de conflito.
  • "Os Lusíadas" narram as conquistas portuguesas.

Autoria: Marcelo Carvalho de Amorin

Veja também: 



Comente!

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o