Efeito Estufa

O efeito estufa é talvez o impacto ambiental que mais assusta as pessoas. Fazem-se previsões catastróficas acerca do derretimento do gelo dos pólos e das montanhas e a conseqüente elevação do nível dos oceanos e inundações de centenas de cidades litorâneas.

O Efeito Estufa

Os gases que formam a atmosfera da Terra permitem a passagem da radiação solar, e retém grande parte do calor, à semelhança do que ocorre em uma estufa de vidro na qual se cultivam plantas. O vidro deixa passar a luz, que é absorvida pelo solo e refletida na forma de calor. As ondas de calor não atravessam bem o vidro, são refletidas e aquecem a estufa. Por essa razão o efeito do aquecimento do planeta é chamado de efeito estufa (figura abaixo). Também colaboram, em me­nor grau, para esse efeito o vapor de água na atmosfera, o gás metano (produzido na decomposição da matéria orgânica e na fermentação da comida no intestino de cupins e ruminantes), o dióxido de nitrogênio (produ­zido na combustão da matéria orgânica) e os clorofluorcarbonos (CFCs, que têm algumas aplicações indus­triais).

Demonstração do efeito estufa

O efeito estufa mantém a temperatura média da Terra em torno de 15 °C. Sem ele, o planeta estaria sempre coberto por uma camada de gelo e sua temperatura média estaria em torno de -18 °C.

Consequências

Com o aumento da produção de gás carbônico, por causa da queima de combustíveis fósseis (carvão e petró­leo dos motores, das indústrias e usinas) e, em menor grau, pelas queimadas de florestas, a concentração desse gás vem aumentando gradativamente e provocando o aquecimento global.

Talvez o que mais assuste no efeito estufa, ou melhor, nas possíveis conseqüências de uma gradativa elevação das médias térmicas no planeta, é a tomada de consciência, pela primeira vez na história, da possibilidade de destruição do próprio homem. Os impactos ambientais são democratizados, ou seja, passam a atingir todos os homens, sem distinção de cunho econômico, social ou cultural: atingem indistintamente ricos e pobres, operários e patrões, brancos, negros e amarelos, desenvolvidos e subdesenvolvidos, capitalistas e socialistas, liberais e conservadores. Não há mais refúgio seguro.

Quando se alerta para riscos relacionados com o efeito estufa, o que está em foco é a sua possível intensificação, causada pela ação do homem, e a conseqüência dessa intensificação para o clima da Terra. A hipótese da intensificação do fenômeno é muito simples, do ponto de vista da física: quanto maior for a concentração de gases, maior será o aprisionamento do calor, e consequentemente mais alta a temperatura média do globo terrestre. A maioria dos cientistas envolvidos em pesquisas climáticas, está convencida de que a intensificação do fenômeno em decorrência das ações e atividades humanas, provocará esse aquecimento.

Controvérsia

Uma minoria discorda disso e indaga em que medida esse aquecimento, caso esteja ocorrendo, se deve ao efeito estufa, intensificado pela ação do homem. Sem dúvida, que as descargas de gases na atmosfera por parte das indústrias e das frotas de veículos, contribuem para aumentar o problema, e naturalmente ainda continuarão a ser objeto de muita discussão entre os cientistas e a sociedade.

Por: Messias Rocha de Lira

Veja também:



Comente!

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o