Home / Química / Química Orgânica / Alcanos, Alcenos, Alcinos e Alcadienos

Alcanos, Alcenos, Alcinos e Alcadienos

Alcanos

São hidrocarbonetos alifáticos saturados, ou seja, cadeia aberta simples com ligações que podem ser ramificadas ou normal.

– Conceito: H3C – CH2 – CH2 – CH3
butano (C4H10)

– Nomenclatura:

  • Cadeia normal: Prefixo + ano
  • Cadeia ramificada: Nº do carbono + prefixo

– Fórmula Geral: Cn H2n+2 (n = número de átomos)

Ex: no caso do Butano C4H10, o número de H é 2n+2, dobro de C mais 2.

Alcenos

São hidrocarbonetos alifáticos insaturados que apresentam uma dupla ligação. As regras para estabelecer a nomenclatura dos alcinos são as mesmas que foram utilizadas para os alcenos.

– Conceito: H2C ? CH – CH2 – CH3
1-buteno (C4H8)

– Nomenclatura: Prefixo + eno + O numero que indica a posição da ligação dupla deve ser a menor possível e deve ser representado antecedendo o nome do carbono.

– Fórmula Geral: Cn H2n

Alcinos

São hidrocarbonetos alifáticos insaturados por um tripla ligação.

– Conceito: CH  C – CH3
Propino

– Nomenclatura:
Prefixo + ino + O numero que indica a posição da ligação tripla deve ser a menor possível e deve ser representado antecedendo o nome do carbono.

– Fórmula Geral: Cn H2n-2

Alcadienos

São hidrocarbonetos alifáticos insaturados por duas ligações duplas. Os alcadienos segue as mesmas regras vistas para os outros hidrocarbonetos insaturados. Nesse caso, como existem duas ligações na cadeia, o seu nome é precedido de dois números, quando necessário.

– Conceito: CH2 = C = CH – CH2 – CH3
1,2-pentadieno

– Nomenclatura: Prefixo + dieno

– Fórmula Geral: Cn H2n-2

Por: Fernanda Medeiros

Veja também:

Veja também

decantacao

Separação de Misturas

Mistura é a reunião de duas ou mais substâncias que não reagem entre si. As ...