Home > Exercícios Resolvidos > Exercícios de Física > Condutor em equilíbrio eletrostático – Exercícios

Condutor em equilíbrio eletrostático – Exercícios

Leia o artigo: Condutores, Isolantes e Semicondutores

01. (MACKENZIE) Quando um condutor está em equilíbrio eletrostático, pode-se afirmar, sempre, que:

a) a soma das cargas do condutor é igual a zero;
b) as cargas distribuem-se uniformemente em seu volume;
c) as cargas distribuem-se uniformemente em sua superfície;
d) se a soma das cargas é positiva, elas se distribuem uniformemente em sua superfície;
e) o condutor poderá estar neutro ou eletrizado e, neste caso, as cargas em excesso distribuem-se pela sua superfície.

02. (MACKENZIE) Um condutor eletrizado está em equilíbrio eletrostático. Pode-se afirmar que:

a) o campo elétrico e o potencial interno são nulos;
b) o campo elétrico interno é nulo e o potencial elétrico é constante e diferente de zero;
c) o potencial interno é nulo e o campo elétrico é uniforme;
d) campo elétrico e potencial são constantes;
e) sendo o corpo eqüipotencial, então na sua superfície o campo é nulo.

03. (UNIFORM – CE) Dadas as afirmativas:

I.   Na superfície de um condutor eletrizado, em equilíbrio eletrostático, o campo elétrico é nulo.

II.  Na superfície de um condutor eletrizado e em equilíbrio eletrostático, o potencial é constante

III. Na superfície de um condutor eletrizado e em equilíbrio eletrostático, a densidade superficial da cargas é maior em regiões de menor raio de curvatura.

 São corretas:

 a) apenas a I

 b) apenas a II

 c) apenas a III

 d) apenas II e III

 e) todas elas.

04. (POUSO ALEGRE – MG) No interior de um condutor isolado em equilíbrio eletrostático:

 a) O campo elétrico pode assumir qualquer valor, podendo variar de ponto para ponto.

 b) O campo elétrico é uniforme e diferente de zero.

 c) O campo elétrico é nulo em todos os pontos.

 d) O campo elétrico só é nulo se o condutor estiver descarregado.

 e) O campo elétrico só é nulo no ponto central do condutor, aumentando (em módulo) à medida que nos aproximarmos da superfície.

05. (PUC – SP) Cinco pequenas esferas igualmente carregadas cada uma com carga q são usadas para carregar uma esfera oca bem maior, também condutora, mediante toques sucessivos desta última com cada uma das outras cinco. Quanto à carga total da esfera oca após os sucessivos  contatos com as cinco esferinhas, podemos afirmar:

 a) pode ser nula;

 b) pode ser de sinal contrário ao da carga das cinco esferinhas;

 c) será igual, quer os contatos sejam feitos interna ou externamente;

 d) será maior para os contatos externos;

 e) será maior para os contatos internos.

06. (UNISA – SP) Uma esfera metálica oca, de 9,0m de raio, recebe a carga de 45,0nC. O potencial a 3,0m do centro da esfera é:

a) zero volt

b) 135 volts

c) 45 volts

d) 90 volts

e) 15 volts

07. (MED – ABC) Uma esfera metálica A de raio R e eletrizada com carga Q é colocada em contato com outra esfera metálica B de raio r inicialmente neutra, através de um fio condutor fino de pequena resistência. Após o contato, devemos ter, necessariamente:

a) a carga na esfera A igual à carga da esfera B;

b) o potencial elétrico na esfera A igual ao potencial elétrico na esfera B;

c) toda a carga de A passará para B;

d) não haverá passagem apreciável de carga de A para B, uma vez que o fio condutor é fino;

e) n.d.a.

08. (U. CAXIAS DO SUL – RS) Uma esfera metálica (e1) de raio 2R e carga elétrica q é conectada através de um fio condutor a outra esfera metálica (e2) de raio R e inicialmente descarregada. Após um tempo suficientemente longo, podemos afirmar que:

a) a carga de cada esfera fica igual a q/2;

b) o potencial elétrico na superfície de e1 é igual ao potencial elétrico na superfície de e2;

c) a carga de e1 é a metade da carga de e2;

d) o potencial elétrico na superfície de e1 é o dobro do potencial elétrico na superfície de e2;

e) toda a carga vai para a esfera e2.

09. (PUC – SP) Uma esfera metálica oca (A) e outra maciça (B) têm diâmetros iguais. A capacidade elétrica de A, no mesmo meio que B:

a) depende da natureza do metal de que é feita;

b) depende de sua espessura;

c) é igual à de B;

d) é maior que a de B;

e) é menor que a de B.

10. Uma esfera de alumínio está carregada eletricamente a um potencial V = 5.000 volts acima do potencial da Terra. Sendo C a capacidade elétrica da esfera, conclui-se que sua carga é:

a) V.C a mais do que a carga da Terra;

b) V.C a mais do que ela teria se estivesse ligada à Terra;

c) V.C a menos do que a carga da Terra;

d) V/C a mais do que ela teria se estivesse ligada à Terra;

e) C/V a mais do que ela teria se estivesse ligada à Terra. 

Respostas:

01 – E 02 – B 03 – D 04 – C 05 – E
06 – C 07 – B 08 – B 09 – C 10 – B

 

Veja também

Transmissão de Calor – Exercícios

Leia o artigo: Transmissão de Calor 01. Sabe-se que a temperatura do café se mantém razoavelmente constante ...