Redação

Na redação escolar, a busca de novas formas de expres­são deve resultar numa linguagem espontânea e simples, mas inteligível e enriquecida de sentido vivencial. As qua­lidades de estilo vão-se aprimorando a cada nova expe­riência redacional, criando, reconstruindo ou inovando.

As dificuldades para redigir podem ter origem na ti­midez, no receio da iniciativa inovadora, na falta de estí­mulos, em métodos didáticos desinteressantes ou, ainda, num conjunto de fatores que bloqueiam a escrita. Sentimo-nos à vontade quando nos expressamos oralmente, mas embaraçamo-nos no momento de orde­nar as idéias textualmente. É na escrita que a comu­nicação revela nossa condição intelectual.

Ao escrevermos, fazemos da linguagem nossa con­quista maior, combinando as impressões dos sentidos, a vivência pessoal e o pensamento crítico. Para aperfeiçoar o exercício redacional, devemos aguçar a capacidade de interpretação, o espírito questionador e analítico, bem como o desprendimento para criar e inovar.

Assim, a redação, como atividade compensadora e satisfatória, é produto de um saber linguístico, da orde­nação do pensamento e da imaginação criadora, num contínuo e diletante processo de aprendizagem.

Crônica

No formato que a crônica tem hoje, ela é um gênero recente. A temática aborda…

Crônica

Descrição

Descrever é representar, por meio de palavras, as características de seres e objetos percebidos através…

Descrição

Narração

Narração é a forma de expressão utilizada para contar algum fato ou acontecimento. Narrar é,…

Narração