Português

Podemos estudar uma língua sob vários aspectos: sua evolução (como o português evoluiu a partir do latim, por exemplo), suas variantes (o português falado na Bahia difere, por exemplo, do falado no Rio Grande do Sul, ainda que as diferenças não sejam tão grandes a ponto de prejudicar a compreensão entre os falantes de um Estado e outro) etc.

Podemos estudar seu emprego atual num certo tipo de registro, a chamada norma culta, o português padrão que adotamos quando, por exemplo, redigimos um texto dissertativo.

É disso que se ocupam as gramáticas normativas, ou, simplesmente, gramáticas: descrevem os sons, o vocabulário, a construção das frases e períodos, apontando certas normas e regras que devem servir de referência para quem pretende redigir ou falar o português padrão. Trata-se de obra de consulta, como os dicionários, que a prática, aliada à atenção, e, por vezes, paciência, ensinará a examinar de maneira adequada e a utilizar concretamente, sobretudo quando você for redigir textos.

Canais:

  •  Literatura

    As escolas, correntes e movimentos da história literária brasileira e mundial.

    Ver canal
  •  Redação

    Aprenda como fazer uma redação de qualidade com as dicas desta seção.

    Ver canal

Artigos de português:

A Variação Linguística no Dia a Dia

Uma língua pode ser falada e escrita de maneiras distintas, recebendo o nome de “variedades lingüísticas”, apresentadas de acordo com as condições sociais, culturais, regionais […]

Leia mais

Adjetivo

Os adjetivos são as palavras que caracterizam os substanti­vos. Os adjetivos podem ser: Primitivos, quando não derivam de outras palavras da língua: verde, preto, magro. […]

Leia mais

Adjuntos: Adnominal e Adverbial

As orações são compostas também por termos acessórios, a saber: adjunto adnominal, adjunto adverbial e aposto. Este artigo pretende discorrer sobre as particularidades dos adjuntos. […]

Leia mais

Advérbio

Os advérbios são palavras modificadoras dos verbos, adjetivos e delas mesmas. Classe invariável que expressa circunstâncias. Os advérbios se ligam a verbos, adjetivos ou outros […]

Leia mais

Agente da Passiva

O agente da passiva é o complemento da frase que pratica a ação sofrida ou recebida pelo sujeito. Portanto, se a ação é sofrida, temos […]

Leia mais

Ambiguidade e Redundância

Exemplos de redundância

As manifestações de uso da língua podem trazer inadequações que empobrecem o texto e até mesmo que prejudicam o entendimento da mensagem que está sendo […]

Leia mais

Aposto

Os termos integrantes da oração são: adjuntos adnominal e adverbial e aposto. Entretanto, neste artigo iremos abordar somente as peculiaridades do último termo enumerado. Aposto […]

Leia mais

Classes Gramaticais

classes gramaticais

As palavras de qualquer língua podem ser classificadas segundo sua forma e sua função no discurso. Muitas mudam de classe gramatical quando têm sua posição […]

Leia mais

Complemento Nominal

O complemento nominal é o termo que completa o sentido de um nome (substantivo, adjetivo ou advérbio) com o auxílio de preposição. Dica: para encontrá-lo, […]

Leia mais

Concordância Nominal

Regra geral da concordância nominal Os termos que dependem do nome (substantivo) com ele concordam em gênero e número. ⋅ Os nossos médicos descobriram a […]

Leia mais

Concordância Verbal

Regra geral da concordância verbal O verbo concorda com o sujeito em número e pessoa. Exemplos: O técnico escalou o time. Os técnicos escalaram os […]

Leia mais

Denotação e Conotação

Denotação e conotação.

Você provavelmente já ouviu essas palavrinhas e ficou curioso para saber o que significam. Pois bem! Denotação é o uso de palavras no seu sentido […]

Leia mais

Descoberta do Alfabeto

As primeiras escritas A escrita surgiu, aproximadamente, em 4000 a.C. Já as origens do alfabeto são bem mais recentes: vestígios encontrados em 1990 indicam que […]

Leia mais

Ditongo, Tritongo e Hiato

Os encontros vocálicos, como o próprio nome já faz referência, são as junções de vogais sem interposição de consoantes nas palavras. Aqui aprenderemos sobre os […]

Leia mais

Elementos da Comunicação

Elementos da comunicação.

Para que uma comunicação aconteça, são necessários seis elementos: o emissor, o receptor, a mensagem, o canal, o contexto e o código. Sem eles, não […]

Leia mais

Emprego dos Sinais de Pontuação

Desenhos dos sinais de pontuação.

A pontuação é um conjunto de sinais gráficos que ajudam no entendimento da leitura. Quando falamos, podemos usar gestos, entonação de voz, pausa, expressões faciais. […]

Leia mais

Empréstimos linguísticos

Provavelmente você já ouviu falar em empréstimos linguísticos e ficou em dúvida sobre seu conceito e suas ocorrências. Por isso, este artigo pretende esclarecer o […]

Leia mais