Home / Exercícios Resolvidos / Exercícios de História / A Baixa Idade Média – Cruzadas – Exercícios

A Baixa Idade Média – Cruzadas – Exercícios

Leia o artigo: Idade Média

1. Impossibilitados de defender o reino, os soberanos delegaram poder aos senhores feudais. Por isso, e com vistas a se autoprotegerem, os senhores procuraram relacionarem diretamente.

Sobre a citação é correto afirmar:

a) A relação de suserania e vassalagem serviu para preservar a situação inferior do servo.
b) A descentralização política fez com que os reis desaparecessem.
c) O rei tornou-se vassalo dos grandes barões, perdendo suas terras.
d) Retrata relações elitizadas, baseadas na fidelidade e em obrigações recíprocas.
e) Demonstra o poder da Igreja sobre o rei e a nobreza.

2. O dirigismo era uma conseqüência natural da estrutura geográfica do país; de fato, o Estado era obrigado a intervir nos trabalhos para regularizar a utilização das águas do rio. A partir do texto, podemos considerar correto para a economia da região que:

a) Na verdade a terra não era controlada pelo Estado, e sim as águas, utilizadas para a irrigação.
b) Apesar controlar a produção, o Estado não era autoritário, pois havia se formado naturalmente.
c) O Estado controlava os meios de produção, monopolizava o conhecimento técnico e explorava o camponês.
d) Os camponeses exigiam que o Estado arbitrasse as disputas pelos recursos naturais.
e) O controle dos rios permitiu o desenvolvimento do comércio local, de desenvolvimento da Antigüidade.

3. Para defender-se das invasões, os senhores ligavam-se diretamente, através do juramento de fidelidade, feito sobre a bíblia e as relíquias sagradas, para evitar a ruptura dos dois contratantes.

A partir do texto podemos afirmar:

a) Teoricamente o poder pertence ao rei, mas de fato são os senhores feudais que o detêm, sendo, portanto localizado.
b) A instituição de relação de suserania e vassalagem aumentou a subordinação do servo em relação ao senhor.
c) O objetivo dos senhores feudais era o de ligarem-se ao menor número possível de senhores, pois teriam menores obrigações.
d) Assim como os senhores feudais interferiam nas nomeações para os cargos eclesiásticos, a Igreja podia determinar o sucessor de cada feudo.
e) Como o vínculo de estabelecia contra as invasões externas, não havia hierarquização nessa relação.

04. (MAUÁ) O sistema feudal, que por vários séculos pareceu corresponder às necessidades básicas da Europa, começou no século XI a manifestar os primeiros sintomas de enfraquecimento, para nos séculos XIV e XV entrar em declínio acelerado. Que fatores concorreram para a desintegração do sistema feudal?

05. (MAUÁ) Relacione entre si a Igreja, as Cruzadas e a cavalaria medieval.

06. (FUVEST) Durante a Idade Média, os cristãos do Ocidente organizaram expedições contra os “infiéis” que ocupavam os Lugares Santos. Quem eram os “infiéis” e como foram essas expedições?

07. (PUC) Não pode ser considerado(a) como fator gerador do Renascimento Comercial ocorrido na Europa a partir do século XI:

a) A crise do modo de produção feudal, provocada pela superexploração da mão-de-obra através das
relações servis de produção.
b) A disponibilidade de mão-de-obra provocada, entre outros fatores, pelo crescimento demográfico a partir do século X.
c) A predominância cultural e ideológica da Igreja, com a valorização da vida extraterrena, a condenação da usura e sua posição em relação ao “justo preço” das mercadorias.
d) A aquisição das “cartas de franquia”, que fortalecia e libertava a nascente burguesia das obrigações tributárias para com os senhores feudais.
e) O movimento cruzadista que, retratando a estrutura mental e religiosa do homem medieval, se estendeu entre os séculos XI e XII.

08. (FUVEST) Durante a Baixa Idade Média, as feitas constituíam:

a) um instrumento de comércio local das cidades para o abastecimento cotidiano de seus habitantes;
b) áreas exclusivas de câmbio das diversas moedas européias;
c) locais de comércio de amplitude continental, que dinamizaram a economia da época;
d) locais fixos para comercialização da produção dos feudos;
e) instituições carolíngias para renascimento do comércio, abalado pelo domínio sarraceno no
Mediterrâneo.

09. (FUVEST) Com relação às Cruzadas, é correto afirmar que:

a) representam, em última instância, a crise do sistema feudal;
b) a Primeira Cruzada foi convocada por Inocêncio III;
c) a Terceira Cruzada conquistou a cidade de Jerusalém;
d) a Quarta Cruzada foi conduzida por Ricardo Coração de Leão;
e) Dandolo, doge de Veneza, fez um acordo com o sultão Saladino durante a Sexta Cruzada.

10. (CV) A crise do sistema feudal pode ser explicada:

a) a partir do desenvolvimento comercial, que gerou a economia monetária e desintegrou a economia
natural;
b) a partir da contradição do próprio sistema feudal, cujas relações de trabalho eram incompatíveis com a ampliação do mercado de trabalho;
c) pelo desenvolvimento da economia de mercado capitalista, que liquidou a economia de consumo feudal;
d) pelo surgimento das cidades e a conseqüente atração dos servos para os núcleos urbanos, despovoando o campo;
e) por causa de centralização do poder político, que liquidou o poder senhorial.

Respostas:

01. D 02. C 03. A

04. Fator principal: Crescimento populacional, provocando um desequilíbrio entre produção e consumo, além do aumento da pressão senhorial sobre os servos, que provocou a fuga de muitos camponeses.

05. A cavalaria medieval constituía um conjunto de práticas e atitudes, formando um verdadeiro código de conduta que os nobres deveriam cumprir. As regras da cavalaria forma inspiradas pela Igreja com o fito de amenizar a violência da época e, durante a crise do feudalismo e a marginalização social dela resultante, contribuíram para canalizar a nobreza européia para as Cruzadas.

06. Os “infiéis” eram os muçulmanos (árabes e turcos) que, a partir do século VII, se expandiram pelo Oriente Médio e Próximo e pela Bacia do Mediterrâneo, ocupando inclusive Jerusalém. As expedições, organizadas por inspiração da Igreja a partir do final do século XI, são as Cruzadas; no entanto, embora proclamassem como seu objetivo a libertação da Terra Santa (Palestina), as Cruzadas devem ser entendidas como uma tentativa de solução para a crise do feudalismo.

07. C 08. C 09. A 10. B

Veja também

Primórdios da Colonização Portuguesa – Exercícios

Leia o artigo: Primórdios da Colonização Portuguesa 01. (FATEC) A única forma de ocupação do Brasil ...

Comentários