A Independência dos EUA

Exercícios sobre a independência dos EUA

Leia o artigo: Independência dos Estados Unidos


Questões:

01. "O puritanismo era uma teoria política quase tanto quanto uma doutrina religiosa. Por isso, mal
tinham desembarcado naquela costa inóspita (...) o primeiro cuidado dos imigrantes [puritanos] foi o
de se organizar em sociedade."

Essa passagem de A Democracia na América, de A. de Tocqueville, diz respeito à tentativa:

a) malograda dos puritanos franceses de fundar no Brasil uma nova sociedade, a chamada "França Antártica";
b) malograda dos puritanos franceses de fundar uma nova sociedade no Canadá;
c) bem-sucedida dos puritanos ingleses de fundar uma nova sociedade no Sul dos Estados Unidos;
d) bem-sucedida dos puritanos ingleses de fundar uma nova sociedade no Norte dos Estados Unidos, na
chamada Nova Inglaterra;
e) bem-sucedida dos puritanos ingleses, responsáveis pela criação de todas as colônias inglesas na América.
 
 
02.
"Nas leis da nova Inglaterra encontramos o germe e o desenvolvimento da independência local.
Na América pode-se dizer que o município foi organizado antes da comarca, a comarca antes do Estado e o Estado antes da União." (Alexis de Tocquelville)
 
a) Cite duas características da colonização da Nova Inglaterra.
b) A partir do texto, explique por que a Constituição dos Estados Unidos estabelece o sistema federativo.
 
 
03. Primeiras colônias americanas a se tornarem independentes em 4 de julho de 1776, os Estados Unidos 
assumiram no século XIX:

a) uma posição de estímulo aos movimentos revolucionários, contestando as estruturas tradicionais do poder vigentes em grande parte da Europa;
b) uma intransigente defesa da intervenção do Estado nas atividades econômicas, visando controlar os abusos da burguesia;
c) a identificação do Estado com a religião puritana, que seria obrigatória para todos os cidadãos;
d) dentro do continente americano, uma política imperialista, impondo seus interesses econômicos às demais nações;
e) uma política de expansão colonial em direção à África e à Oceania.
 
 
04. Leis britânicas acirravam as divergências entre colonos americanos e a Coroa Inglesa, provocando a luta pela independência. Entre os objetivos dessas leis, devem ser destacados as seguintes:
 
a) Aumentar a receita real, impedir o contrabando e o comércio intercolonial e promover a recuperação
econômica da Companhia das Índias Orientais.
b) Aumentar o consumo de chá e açúcar nas colônias, obrigar ao uso de selos na correspondência e aumentar as exportações das colônias.
c) Abolir a escravidão nas colônias, separar juridicamente as treze Colônias e ajudar a Pensilvânia a anexar
terras no Oeste.
d) Recuperar a Companhia das Índias Ocidentais, abrir o porto de Boston às nações amigas e aumentar as
importações das colônias.
e) Pagar indenizações à França, devido à derrota inglesa na Guerra dos Sete Anos, revogar os Atos
Townshend e favorecer os produtores locais de açúcar.
 
 
05.
"O sangue dos que foram chacinados, a voz lamentosa da Natureza gritam: 'é hora de separarmos!'
Mesmo a distância que Deus colocou entre a Inglaterra e a América é uma prova forte e natural de
que a autoridade de uma sobre a outra não era a vontade dos Céus (...) UM GOVERNO NOSSO É
UM DIREITO NOSSO (...) Portanto, o que queremos? Por que hesitamos? Da parte da Inglaterra
não esperamos nada, a não ser a ruína (...) Nada pode resolver nossa situação tão rapidamente
quanto uma declaração de independência, aberta e feita com determinação."

(Thomas PAINE, Bom Senso, panfleto de 10 de janeiro de 1776, citado por Leo HUBERMAN, História da Riqueza dos Estados Unidos, Brasiliense, São Paulo, 1983)

O documento anterior expressa algumas das idéias que, pouco mais tarde, estariam contidas na Declaração de Independência das Treze Colônias da América do Norte.
 
a) Apresente dois fatores que tenham contribuído para a independência das Treze Colônias.
b) Relacione a frase "Um governo nosso é um direito nosso" com as idéias que fundamentaram o processo de independência das Treze Colônias.
 
 
06. Quando da discussão, no Parlamento Inglês, das Leis do Açúcar e do Selo (1784 - 1765), os colonos ingleses da América recusaram-se a aceitar as medidas impostas, baseando-se:
 
a) no fato de não estarem representados na assembléia que votou as taxas;
b) no princípio da isenção de taxas concedido pela Coroa aos colonos;
c) no direito inalienável dos súditos ingleses de recusar a obediência a leis injustas;
d) nos direitos naturais do cidadão à vida, à propriedade e à busca da felicidade;
e) nos prejuízos financeiros advindos do bloqueio aos produtos das Antilhas.

 
07.
"Em Massachusetts, o espírito do capitalismo estava presente antes do desenvolvimento capitalista
(...) Neste caso, a relação causal é, certamente, a inversa daquela sugerida pelo ponto de vista
materialista." (Max WEBER, A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo)

A afirmação:
 
a) valoriza a visão do materialismo sobre o desenvolvimento do capitalismo na Nova Inglaterra;
b) sustenta, ao contrário do marxismo, que o espírito capitalista foi o criador do capitalismo moderno;
c) coincide com a crítica marxista ao materialismo sobre a existência do capitalismo na Nova Inglaterra;
d) diverge do marxismo ao defender a existência de uma fase de acumulação primitiva de capital;
e) defende uma concepção consensual entre os historiadores sobre a origem do capitalismo.
 

08.
 "A existência de uma área de terras livres, sua contínua diminuição e o avanço da colonização em
direção ao Oeste explicam o desenvolvimento americano."
(Frederick Jackson TURNER, A Fronteira na História Americana)

A citação anterior descreve:
 
a) a marcha para o Oeste nos Estados Unidos, no século XVI;
b) a colonização do Meio-Oeste dos Estados Unidos e a conseqüente implantação da indústria automobilística na região dos Grandes Lagos;
c) a expansão, á medida que não havia indígenas, dos ingleses rumo ao Oeste do Canadá;
d) a corrida dos puritanos, perseguidos na Inglaterra no século XVII, para o Oeste americano;
e) a colonização americana, rumo ao Oeste, subseqüente à proclamação da independência dos Estados Unidos.
 
 
09. Sobre a Independência dos Estados Unidos da América, assinale a alternativa correta:

a) A origem do movimento da independência deve ser encontrada no desenvolvimento uniforme das Treze
Colônias Inglesas.
b) O crescimento do comércio triangular, praticado pelas colônias de povoamento situadas no Sul, gerou
atritos com a metrópole.
c) O Segundo Congresso Continental de Filadélfia decretou a separação dos Estados Unidos, através da
Declaração de Independência redigida por Thomas Jefferson.
d) A política de conciliação adotada pela Inglaterra retardou o processo de independência da Treze Colônias
Inglesas.
e) A França e a Espanha apoiaram a Inglaterra durante a Guerra de Independência.
 
 
10. (CESGRANRIO) Em 1778, França e Espanha entraram em guerra contra a Inglaterra. Seu verdadeiro objetivo era:
 
a) eliminar o contrabando inglês na Colônia do Sacramento;
b) recuperar algumas colônias que lhes haviam sido arrebatadas pelos ingleses;
c) punir a Inglaterra pela ajuda prestada à Holanda na guerra das Províncias Unidas contra a Espanha;
d) ajudar os colonos norte-americanos em sua Guerra de Independência;
e) minar as posições do comércio inglês no continente americano.



Resolução:

01. D

02.
a) Colonização de povoamento, baseado em uma economia extrovertida apoiada na pequena propriedade, na policultura e no trabalho livre.

    b)  Porque as colônias do Norte gozavam de uma autonomia administrativa que foi preservada após
a independência, através do sistema federativo.


03.
D

04. A

05.
a) A crescente pressão fiscalista da Inglaterra sobre as colônias do Norte e a influência liberal das idéias iluministas.

     b) O processo de independência das Treze Colônias teve como ponto de partida o interesse das colônias do Norte em assegurar sua autonomia.

06. A 07. B 08. E 09. C
10. B      



Comente:



Receba atualizações do site:

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o