Home » Exercícios Resolvidos » Exercícios Resolvidos de História » Revolução Francesa - Era Napoleônica

Revolução Francesa - Era Napoleônica

Exercícios sobre revolução francesa - era napoleônica

Leia o artigo: Revolução Francesa


Questões:

01. O governo de Luís XIII na França foi caracterizado, entre outros aspectos, pelo conflito entre a autoridade real e os protestantes franceses. Na essência esse conflito representou:
                             
a) o resultado da política de Richelieu, voltada para a consolidação do poder do rei, retirando dos protestantes a autonomia político militar de que dispunham.

b) um dos últimos episódios das Guerras de Religião deflagradas pela Reforma da Europa, já que a França seguia as determinações de Roma.

c) a resposta do rei, pelo combate dos protestantes, às perseguições sofridas pelos católicos na Alemanha.

d) o ponto de partida para a formação do chamado Estado Nacional Francês, posto que os protestantes, dominando Estados independentes na França, dificultavam a unificação do país.

e) a conseqüência mais visível do choque entre os interesses econômicos da burguesia mercantil francesa, católica, e os dos grandes latifundiários do país, protestantes.
 
 
02. A consolidação do absolutismo na França pode ser considerada tardia, se comparada com outras nações, e isso se deveu:

a) À política militarista desenvolvida pelo cardeal Richelieu, envolvendo a França na Guerra dos 30 anos.

b) À oposição dos huguenotes ao absolutismo real, fazendo com que o país mergulhasse nas guerras de religião.

c) Ao fato de o primeiro rei da Dinastia Bourbon ser protestante, não aceito pelos franceses.

d) À política econômica do ministro Colbert, que, ao desenvolver as manufaturas, não acompanhou a tendência mercantil.

e) À manutenção de privilégios à nobreza, como os impostos e a justiça regional.


03. (UFV) Durante o período Napoleônico (1799 - 1815), entre as medidas adotadas por Bonaparte, assinale aquela que teve repercussões importantes nas relações comerciais do Brasil com a Inglaterra:
 
a) Restauração financeira, com a conseqüente fundação do Bando da França, em 1800.

b) Decretação do Bloqueio Continental, em 1806, com o qual Napoleão visava arruinar a indústria e o comércio ingleses.

c) Promulgação, em 1804, do Código Civil, que incorporou definitivamente à legislação francesa os princípios liberais burgueses.

d) Expansão territorial da França, graças à incorporação de várias regiões da Europa, formando o chamado "Império Napoleônico".

e) Criação do franco como novo padrão monetário.
 
 
04. (UFMG) Marx, em A Sagrada Família, afirmou que o Golpe de 18 Brumário de 1799 instaurou um regime que "concluiu o Terror, pondo no lugar da revolução permanente, a guerra permanente". Todas as alternativas contêm referências corretas relativas à afirmação acima, exceto:

a) A concentração de um poder ditatorial nas mãos de Napoleão Bonaparte.
b) A repressão interna desencadeada pelo novo regime sobre os opositores do golpe.
c) As constantes campanhas militares empreendidas por Napoleão.
d) As proibições impostas à burguesia no campo associativo.
e) As severas interdições que limitaram a liberdade da imprensa francesa.
 
 
05. (UNAERP) Abolição da escravidão; fim dos privilégios; limite aos preços dos gêneros alimentícios; criação do ensino gratuito obrigatório; concessão de terras aos camponeses. Estas foram medidas tomadas pelo:
 
a) adepto da escola econômica fisiocrática, o francês Turgot;
b) jovem general, recém-chegado do Egito, Napoleão Bonaparte;
c) líder jacobino, Robespierre, conhecido como "o Incorruptível";
d) primeiro-ministro francês, cardeal de Richelieu, a concluídas por seu sucessor, cardeal Mazarino;
e) "Rei-Sol", Luís XIV, juntamente com seu ministro Colbert.
 
 
06. (MACK) Sobre a Revolução Francesa, é incorreto afirmar que:
 
a) os dois clubes mais importantes foram o Clube dos Cordeliers e o Clube dos Jacobinos;
b) a convocação dos Estados Gerais foi uma demonstração da força econômica do Antigo Regime;
c) ela representou uma ruptura estrutural, pois a burguesia, até então marginalizada em relação ao poder político, sublevou-se, tornando-se senhora do Estado;
d) a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão foi a síntese da concepção burguesa da sociedade;
e) a Bastilha, antiga prisão do estado, foi tomada de assalto por artesãos, operários, pequenos comerciantes, lavadeiras e costureiras.
 
 
07. (UNIRIO)
"Milhares de séculos decorrerão antes que as circunstâncias acumuladas sobre a minha cabeça encontrem um outro na multidão para reproduzir o mesmo espetáculo." (Napoleão Bonaparte)

Sobre o Período Napoleônico (1799 - 1815), podemos afirmar que:
 
a) consolidou a revolução burguesa na França, através da contenção dos monarquistas e jacobinos;
b) manteve as perseguições religiosas e confisco das propriedades eclesiásticas iniciadas durante a Revolução Francesa;
c) enfrentou a oposição do Exército e dos camponeses ao se fazer coroar imperador dos franceses;
d) favoreceu a aliança militar e econômica com a Inglaterra, visando à expansão de mercados;
e) anulou diversas conquistas do período revolucionário, tais como a igualdade entre os indivíduos e o direito
de propriedade.
 
 
08. A Revolução Francesa representou um marco na História Ocidental por seu caráter de ruptura em relação ao Antigo Regime.

Entre as características da crise do Antigo Regime, na França, está:

a) a crescente mobilização do Terceiro Estado, liderado pela burguesia, contra os privilégios do clero e da
nobreza;
b) o desequilíbrio econômico da França, decorrente da Revolução Industrial;
c) a retomada da expansão comercial francesa, liderada por Colbert;
d) o apoio da Monarquia às sucessivas rebeliões camponesas contrárias à nobreza;
e) o fortalecimento da Monarquia dos Bourbons, após a participação vitoriosa na Guerra de Independência dos EUA.
 
 
09. Ocorrida no final do século XVIII, a Revolução Francesa alastrou-se pela Europa absolutista. Na França, a superação do absolutismo monárquico ficou evidenciada a partir do momento em que:
 
a) o sufrágio universal e as escolas públicas foram instituídos como algumas das reformas radicais da   
Convenção Revolucionária;
   
b) os representantes do Terceiro Estado exigiram que seu número dobrasse e que a votação fosse por deputado;

c) os Estados Gerais se reuniram no Palácio de Versalhes, por convocação do monarca Luís XVI;

d) o Terceiro Estado separou-se dos outros dois, formando logo depois a Assembléia Nacional Constituinte;

e) as camadas populares urbanas começaram a atacar lojas de armas em apoio a Napoleão.
 
 
10. A Revolução Francesa teve início quando os Estados Gerais (Assembléia Geral do Reino), reunidos em maio de 1789, foram ameaçados de dissolução por parte de Luís XVI. O Terceiro Estado, formado pelos representantes da burguesia, dos camponeses e dos "sans-culottes" (artesãos e aprendizes), reuniu-se em separado e auto- proclamou-se, em julho de 1789, Assembléia Nacional Constituinte. Entre as medidas tomadas por essa Assembléia, não se inclui a:
 
a) abolição dos deveres dos camponeses para com o clero;
b) reforma tributária inspirada por Turgot e Calonne;
c) instituição do direito à igualdade perante a lei;
d) instituição do direito à inviolabilidade da propriedade privada;
e) instituição do direito de resistência à opressão.
 


Resolução:

01. D 02. B 03. B 04. D
05. C 06. B 07. A 08. A
09. D 10. B    



Comente:



Receba atualizações do site:

© Todos os direitos reservados à Cola da Web.com
Siga-nos:
O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.