Home Física > Eletricidade > Associação de Resistores

Associação de Resistores

A grande maioria dos circuitos elétricos possui um conjunto de resistores combinados de forma que se obtenha a resistência desejada. A associação dos resistores é classificada em três tipos: A associação em série, associação em paralelo e a associação mista.

Publicidade

Geralmente trabalha-se com resistores classificados como resistores ôhmicos. Tais resistores possuem como razão entre a tensão elétrica e a corrente elétrica o valor constante representado pela letra R e denominado resistência ôhmica elétrica.

O cálculo da resistência ôhmica elétrica pode ser matematicamente representado como:

V = R.i

Onde: V = tensão elétrica
           R = resistência elétrica
           i = corrente elétrica

Em um circuito elétrico, é muito comum trabalhar com vários resistores associados para se obter resistências muito grandes ou muito pequenas. O nome dado à resistência total da associação de resistores é resistência equivalente. Os tipos de associações estão descritas abaixo.

Associação em série:

Nessa associação, os resistores são colocados um em seguida do outro. A corrente elétrica que percorre os resistores dessa associação é a mesma e possui o mesmo valor i. A tensão elétrica existente entre esses resistores é a soma de cada tensão existente em cada resistor. O esquema abaixo ajuda a visualização dessa associação.

Associação de resistores em série

Onde: R1 = resistência 1
R2 = resistência 2
V = tensão elétrica total

Observação: a tensão da associação em série é calculada como sendo:

V = V1 + V2

Sendo: V1 = tensão elétrica no resistor R1
V2 = tensão elétrica no resistor R2

A resistência equivalente (total) da associação em série pode ser calculada da seguinte forma:

Req = R1 + R2

Associação em paralelo:

Nessa associação, os resistores são colocados um paralelo ao outro. A corrente elétrica que percorre os resistores dessa associação é dividida entre os resistores e depende da tensão de cada resistor. A tensão dessa associação é a mesma para todos os resistores. O esquema abaixo ajuda a visualização dessa associação.

Publicidade

Associação de resistores em paralelo Onde:  R1 = resistência 1
            R2 = resistência 2
            R3 = resistência 3
            V = tensão elétrica
            i = corrente elétrica total que percorre o circuito
            i1 = corrente elétrica que percorre o resistor 1
            i2 = corrente elétrica que percorre o resistor 2
            i3 = corrente elétrica que percorre o resistor 3

Observação: A corrente total da associação em paralelo é obtida somando todas as correntes referentes a cada resistor:

i = i1 + i2 + i3

A resistência equivalente (total) da associação em paralelo é calculada da seguinte forma:

Associação mista:

Nessa associação, os resistores são colocados de forma misturada, ou seja, parte da associação é em série e parte em paralelo. Nesse caso a corrente elétrica e a tensão elétrica dependerá da análise da associação não tendo então uma forma esquemática. O esquema abaixo ajuda a visualizar esse tipo de associação.

Associação mista de resistores

Bibliografia:

  • http://www.slideshare.net/AryleudoDeOliveira/associao-de-resistores-exerccios
  • http://www.cienciamao.usp.br/tudo/exibir.php?midia=tex&cod=_resistoresassociacao
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Resistor

Por: Luíz Guilherme Rezende Rodrigues

Veja também: