Home » Medicina e Enfermagem » Células-Tronco

Células-Tronco

As células-tronco, conhecidas também como 'células-mãe' ou 'células-estaminais' são aquelas que possuem a melhor capacidade de se dividir e dar origem a células semelhantes. São células que possuem a capacidade de se renovar e formas outras células mesmo depois de muito tempo de inatividade. 

Diferente das outras células do corpo humano, as células-tronco podem se reproduzir várias vezes, ou seja, a partir de uma dessas células podem ser criadas muitas outras.

O principal objetivo das pesquisas com células-tronco é que elas possam ser utilizadas em doenças graves, afim de regenerar tecidos danificados.

As células-tronco embrionárias são aquelas células encontradas em embriões. Elas têm a capacidade de se transformar em praticamente qualquer célula do corpo. São chamadas pluripotentes. É essa capacidade que permite que um embrião se transforme em um corpo totalmente formado. Cerca de cinco dias após a fertilização, o embrião humano se torna um blastocisto-uma esfera com aproximadamente 100 células.

As células-tronco adultas são as encontradas em tecidos maduros, no corpo de crianças e adultos. Essas células são mais especializadas que as embrionárias e dão origem a tipos específicos de células. São chamadas multipotentes. Algumas pesquisas sugerem que as células-tronco adultas podem se transformar em tipos muito mais variados de células do que se supunha anteriormente.


Classificação

Células Tronco

As células-tronco podem ser classificadas em 'totipotentes' (quando conseguem se diferenciar de todos os tecidos do corpo), 'pluripotentes' ou 'multipotentes' (quando podem se transformar em quase todos os tecidos do corpo humano, com a exceção de placenta e tecidos embrionários). 

 
Extração

Há três formas de extração das células-tronco: Embrionárias (são encontradas no embrião humano e utilizadas - em alguns países já autorizados - para a pesquisa de curas de algumas doenças), Adultas (são encontradas na medula-óssea, no sangue, fígado, cordão umbilical, placenta, etc.) e Mesenquimais (células encontradas principalmente na medula óssea, é uma população rara de células-tronco e tem a capacidade de se diferenciar em diversos tecidos).


Polêmicas

Existem países que autorizam o estudo de células-tronco, já outros, a prática é totalmente ilegal.

A igreja católica não aceita o uso das células-tronco embrionárias pois muitas vezes esta técnica consiste em destruição de embriões, o que seria uma espécie de "assassinato" diante da igreja.


Possíveis usos médicos

Algumas doenças serão beneficiadas no uso das células-tronco, são elas: câncer, mal de parkinson, lesões na medula, osteoporose, diabetes, mal de alzheimer, osteoartrite, doença pulmonar, esclerose múltipla, doenças autoimunes, degeneração macular e doenças cardíacas. 

Para quem sofre com os males dessas doenças o tratamento com essas células está sendo esperado ansiosamente. 

Por: Gislaine Monteiro Vasconcelos


Assuntos relacionados:



Comente!

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o