Guerras

Invencível Armada

Invencível armada é o nome da frota enviada por Filipe II, rei da Espanha, contra a Inglaterra, em 1588, para destronar Elizabeth I e restabelecer o Catolicismo na chamada guerra anglo-espanhola.

Causas da guerra

Ressentimentos entre Inglaterra e Espanha existiam desde a década de 1570. Com a União Ibérica, em 1580, a Espanha tomou posse de terras brasileiras. Além disso, tirou ouro e prata das terras que reivindicara para si nas Américas. Por outro lado, os ingleses incentivavam os corsários a roubarem os espanhóis.

Havia também divergências religiosas. A Espanha era católica, e a maioria da Inglaterra tornara-se protestante como consequência da Reforma.

As Duas Esquadras da Invencível Armada

Filipe começou a reunir a Armada em janeiro de 1586. A Espanha construiu novos navios de guerra e dotou de armas de maior calibre os já existentes. Eram 130 navios, muitos eram grandes, mas vagarosos. Alguns não dispunham de número suficiente de canhões e de artilheiros experientes; em outros faltava munição. Filipe nomeou comandante da Armada o duque de Medina Sidonia, marinheiro inexperiente.

Ao mesmo tempo, a Inglaterra armou muitos de seus navios mercantes e incorporou-os à sua esquadra. Os navios de guerra ingleses eram menores, mais rápidos e mais fáceis de manobrar do que os espanhóis.

A Batalha

A Armada partiu de Lisboa em 30 de maio de 1588 (20 de maio segundo o calendário então empregado na Inglaterra). Entrou no Canal da Mancha em 30 de julho (20 de julho) e travou duelos de canhão a distância com navios de guerra ingleses nos dias seguintes. Em 6 de agosto (26 de julho), a Armada ancorou em Calais, na França

Nas primeiras horas de 8 de agosto (28 de julho), os ingleses enviaram oito brulotes em direção a Armada. Os navios espanhóis zarparam para o mar a fim de escapar das chamas. Nesse dia, cerca de 60 navios ingleses atacaram um número igual de navios espanhóis ao largo do porto francês de Gravelines. Os ingleses venceram a batalha, obrigando os espanhóis a fugir. Apenas 67 navios da Invencível Armada chegaram à Espanha.

Batalha contra a invencível armada.
A vitória inglesa sobre a “Invencível Armada” Espanhola na batalha de Gravelines, travada em 8 de agosto de 1588. Quadro de Philippe-Jacques de Loutherbourg.

Resultados da Batalha

A vitória dos ingleses foi um duro golpe no prestígio da Espanha, até então o país mais poderoso do mundo. A Espanha continuou como grande potência após a batalha, porém mercadores e marinheiros ingleses passaram a desafiar os espanhóis com mais segurança no mundo inteiro.

Por: Wilson Teixeira Moutinho