O Sistema Colonial

Exercícios sobre o sistema colonial

Leia o artigo: Sistema Colonial Mercantilista


Questões:

01. (FUVEST)    

Atrás de portas fechadas,
à luz de velas acesas,
entre sigilo e espionagem
acontece a Inconfidência. (Cecília Meireles, Romanceiro da Inconfidência)
Explique:

a) Por que a Inconfidência, acima evocada, não obteve êxito?
b) Por que, não obstante seu fracasso, tornou-se o movimento emancipancionista mais conhecido da história brasileira?

                                
02. (UNICAMP) A Independência do Brasil, proclamada por Pedro I, foi, para Portugal, um fato gravíssimo porque construía os alicerces da economia nacional. Ou voltava o Brasil a ser Colônia, alimentando a Metrópole com suas riquezas, ou tinha-se de organizar a Metrópole para a sua auto-suficiência. O texto acima, do historiador português Antonio Sergio, trata do aspecto econômico na Independência brasileira, que representou, para a Metrópole, o fim definitivo do Pacto Colonial.

a) Quais eram as bases do Pacto Colonial?
b) Por que, segundo o texto citado, a Independência do Brasil foi um “fato gravíssimo” para a economia portuguesa?
 

03. (VUNESP) A respeito da Independência do Brasil, pode-se afirmar que:
 
a) consubstanciou os ideais propostos na Confederação do Equador;
b) instituiu a Monarquia como forma de governo, a partir de amplo apoio popular;
c) propôs, a partir das idéias liberais das elites políticas, a extinção do tráfico de escravos, contrariando os interesses da Inglaterra;
d) provocou, a partir da constituição de 1824, profundas transformações nas estruturas econômicas e sociais do país;
e) implicou a adoção da forma monárquica de governo e preservou os interesses básicos dos proprietários de terras e de escravos.
 

04. (PUCCAMP) A franquia dos portos teve um alcance histórico profundo, pois deu início a um grande processo:

a) do desenvolvimento do primeiro surto manufatureiro no Brasil e o crescimento do transporte ferroviário
b) do arrefecimento dos ideais absolutistas no Brasil e a disseminação de movimentos nativistas.
c) da emancipação política do Brasil e o seu crescimento na órbita da influência britânica.
d) da persistência do Pacto Colonial no Brasil e o seu ingresso no capitalismo monopolista.
e) do fechamento das fronteiras do Brasil aos estrangeiros e a abertura para as correntes ideológicas revolucionárias européias.
 
 
05.
(UFMG) Todas as alternativas apresentam afirmações sobre a Independência do Brasil. Assinale a alternativa correta sobre esse fato:

a) A crença no liberalismo de D. Pedro I e a expectativa positiva quanto a uma constituição brasileira estavam presentes em 1822.
b) A declaração de Independência estava diretamente relacionada às determinações das Cortes de Lisboa enviadas a D. Pedro.
c) A ideologia monárquica enraizada fez com que o povo e os políticos apoiassem o príncipe.
d) A idéia do federalismo era mais importante para os radicais do que a defesa da República.
e) A participação popular determinou os rumos da constituição do novo Estado Nacional.
 
 
06. (MACKENZIE) No final do século XVIII, as restrições econômicas de Portugal ao Brasil chegaram ao máximo; o ouro declinava e as idéias liberais difundiam-se pelo país. Tais fatos provocaram um movimento pela Independência, a centuadamente popular, com fortes preocupações sociais, conhecido por:
 
a) Inconfidência Mineira;
b) Guerra dos Mascates;
c) Revolta de Felipe dos Santos;
d) Conjura Literária;
e) Inconfidência Baiana.
 
 
07. Em 12 de Agosto de 1798, os envolvidos na Conjuração Baiana ou Revolução dos Alfaiates lançaram um manifesto em que expunham suas posições. Identifique as idéias inspiradoras na conjura e caracterize o tipo de insatisfação social que ela expressava contra o sistema colonial vigente.
 
 
08. A transferência do governo português para o Brasil, em 1808, teve ligação estreita com o processo de emancipação política da Colônia, porque:
 
a) introduziu as idéias liberais na Colônia, incentivando várias rebeliões;
b) reforçou os laços de dependência e monopólio do sistema colonial, aumentando a insatisfação dos colonos;
c) incentivou as atividades mercantis, contrariando os interesse da grande lavoura;
d) instalou no Brasil a estrutura do Estado português, reforçando a unidade e a autonomia da Colônia;
e) favoreceu os comerciantes portugueses, prejudicando os brasileiros e os ingleses ligados ao comércio de importação.
 
 
09. Durante as últimas décadas do século XVIII, a Colônia portuguesa na América foi palcos de movimentos como a Inconfidência Mineira (1789), a Conjuração do Rio de Janeiro (1794) e a Conjuração Baiana (1798). A respeito desses movimentos, pode-se afirmar que:
 
a) demonstravam a intenção das classes proprietárias, adeptas as idéias liberais, de seguirem o exemplo da Revolução Americana (1776) e proclamarem a Independência, construindo uma sociedade democrática em que todos os homens seriam livres e iguais;

b) expressavam a crise do antigo sistema colonial pela tomada de consciência, por parte de diferentes setores da
sociedade colonial, de que a exploração exercida pela Metrópole era contrária aos interesses e responsável pelo empobrecimento da Colônia;

c) denunciavam a total adesão dos colonos às empresas da burguesia industrial britânica a favor da Independência e da abolição do tráfico negreiro, para se construir, no Brasil, um mercado de consumo para manufaturados;

d) representavam uma forma de resistência dos colonos às tentativas de recolonização empreendidas, depois da Revolução do Porto, pelas Cortes de Lisboa, liberais em Portugal, que queria reaver o monopólio do comércio com o Brasil;

e) tinham cunho separatista e uma ideologia marcadamente nacionalista, visando à libertação da Colônia da Metrópole e à formação de um Império no Brasil com a união das várias regiões até então desunidas.
 
 
10. A Revolução do Porto, em 1820, pode ser considerada decisiva para a Independência do Brasil, porque:
 
a) garantia a economia da Colônia implementada durante a permanência do governo português no Brasil;
b) fortalecia os grupos liberais radicais, cada vez mais ativos na Colônia e articulados com os grandes proprietários;
c) impunha à Colônia um programa de reformas liberais, com a proibição do tráfico negreiro;
d) transferia à Colônia o caráter reformista do capitalismo industrial e do liberalismo;
e) ameaçava os interesses dos grupos brasileiros, tentando reverter várias medidas tomadas por D. João no Brasil.
 

 
Resolução:

01.
a) Faltou organização militar e apoio popular.
      b)  Foi a primeira tentativa de emancipação política no Brasil.


02. a) O regime de monopólios (Pacto Colonial); a plantation escravista e o latifúndio monocultor.
      b) Porque Portugal era um mero entreposto comercial entre Brasil e Inglaterra.

03. E 04. C 05. D

06. E

07. O movimento teve influências da Revolução Francesa, especialmente da fase republicana, período de terror controlado pelos Jacobinos. O movimento no Brasil teve nitidamente um caráter antilusitano e emancipancionista.

08. D 09. B
10. E



Comente!

Receba novidades

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o