Astrônomo

O profissional astrônomo é aquele que estuda os astros, e toda a estrutura que existe no universo. Este profissional desenvolve diversos tipos de teorias e as testa, confrontando as mesmas com a observação de toda a realidade.

Publicidade

Este profissional ainda deverá se dedicar totalmente para observações e registros de imagens e dos objetos celestes, entre eles estrelas, planetas, cometas, galáxias, entre outros, com a finalidade de estudar seus movimentos, a sua disposição no espaço e a relação com demais corpos existentes na região.

A área está com um substancial aumento de oportunidades

Todo o crescimento dos números de pequenos planetários no país, e uma maior utilização dos satélites de comunicação de empresas vem abrindo campos de trabalho para este profissional. Os números de profissionais habilitados na área representam uma baixa no mercado pelas oportunidades que começam a aparecer.

Astrônomo

Como está o mercado de trabalho para estes profissionais?

Para estes profissionais, o mercado de trabalho se concentra de forma tradicional nas áreas acadêmicas, e é preciso realizar uma pós-graduação para uma melhor colocação no mercado.

Publicidade

O profissional bacharel sai da universidade bastante preparado para atuar em outros mercados diversificados. Os números de planetários, bem como instituições que exigem a formação em astronomia cada vez é maior.

Além disto o instituto nacional de pesquisas espaciais, também contam com astrônomos em seu quadro de profissionais. Nestes locais, o profissional monitora os satélites que estão na órbita da terra, e quem realiza licenciatura em física, tem anda como campo de atuação as salas de aula de ensino médio.

A melhor instituição no Brasil que oferece este curso é a UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Sobre o curso

Com relação ao curso, podemos citar que se engana muito que na graduação irá ficar o tempo inteiro com os olhos grudados no telescópio. Todos os instrumentos modernos de observação são devidamente manipulados por computadores, e ainda boa parte dos dados é oferecida através da internet.

A física e a matemática são as bases teóricas do curso, e a medida que se avança na formação, pode-se dar uma ênfase a toda a pesquisa, bem como ao desenvolvimento dos códigos numéricos, e a área de instrumentação ou divulgação científica.

A duração de curso é de 4 anos e o salário médio parte de R$ 5 mil reais.