Home » Pedagogia » Interdisciplinaridade, Educação e Prática Pedagógica

Interdisciplinaridade, Educação e Prática Pedagógica

Interdisciplinaridade

O surgimento da interdisciplinaridade pode ser atribuído a três aspectos: um retorno aos modos de conhecimento da Antiguidade; uma reação à especialização excessiva e a um avanço do ser humano em relação ao conhecimento.

Há diferentes modos de compreender e definir a interdisciplinaridade, a educação e a prática pedagógica. A proposta pedagógica interdisciplinar é contra definições e métodos pré estabelecidos. Já a educação que vivenciamos nos espaços educacionais formais está calcada em moldes Iluministas e Modernos.

As práticas disciplinares surgem com a modernidade, condicionando e sendo condicionadas por este período histórico-social. A disciplina se constitui na fragmentação e quantificação dos saberes, tem como função o controle, a eficiência e a sistematização dos saberes e como forma de organização a hierarquização dos mesmos, sendo as disciplinas as bases constituintes da Educação Moderna, atuando nos conteúdos e para além deles.

Assim, podemos inferir que a disciplinaridade enquanto prática pedagógica atua no interior da sala de aula, mas também e principalmente para além dela, na própria organização do espaço educacional. E se tais práticas ensinam múltiplos modos de comportamento e de conhecimento do mundo, elas são, então, práticas pedagógicas.

Desta forma, distintas correntes educacionais modernas possuem diferentes práticas disciplinares, que atendem as especificidades de cada perspectiva educacional.

No Brasil, alguns autores são proeminentes acerca de estudos, pesquisas e reflexões sobre saberes interdisciplinares, como Ivani Fazenda, Hilton Japiassu, José Carlos Libâneo, Maria Freitas de Mello, Américo Sommerman, entre outros.

Estes autores corroboram com discussões acerca do pensamento interdisciplinar e educação.

Para uma compreensão mais clara a cerca da noção de disciplina é fundamental que se possa entender o desenvolvimento das ciências, do pensamento humano. É uma categoria organizada dentro das diversas áreas do conhecimento que as ciências abrangem.

O termo interdisciplinaridade parte da noção de disciplina. A disciplina é uma maneira de organizar, de delimitar, ela representa um conjunto de estratégias organizacionais, uma seleção de conhecimentos que são ordenados para apresentar ao aluno, com o apoio de um conjunto de procedimentos didáticos e metodológicos para seu ensino e de avaliação da aprendizagem.

Para Portilho e Almeida, “a pesquisa escolar é um relevante instrumento metodológico de ensino e aprendizagem, sendo que, através dela é possível desenvolver ações que levem à interdisciplinaridade, palavra de ordem no atual contexto educacional. Sua utilização induz ao desenvolvimento de competências e habilidades indispensáveis à formação do educando. Sua prática permite que o aluno aprenda ao transformar informação em conhecimento.”

Portanto, a interdisciplinaridade tem a pretensão de conhecer determinados fenômenos horizontalmente e verticalmente, buscando integrar a parte e o todo. Em vez do saber quantitativo, busca-se o qualitativo.


REFERÊNCIAS

ALMEIDA, S.C.D. PORTILHO, E.M.L. A pesquisa escolar no processo ensino aprendizagem: avaliando limites e possibilidades. 2006. 114 p. Dissertação (Mestrado) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2006.

HERNÁNDEZ, F. Transgressão e mudança na educação: os projetos de trabalho. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

NOGUEIRA. Nilbo Ribeiro. Pedagogia dos Projetos: Uma jornada interdisciplinar rumo ao desenvolvimento das múltiplas inteligências/Nilbo Ribeiro Nogueira. – São Paulo: Érica, 2001.

Por: Iara Maria Stein Benítez em 26/04/2012
Colaboradora do site Cola da Web

Veja também:


Comente!

Receba novidades

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o