Home Português > Aposto

Aposto

Os termos integrantes da oração são: adjuntos adnominal e adverbial e aposto. Entretanto, neste artigo iremos abordar somente as peculiaridades do último termo enumerado.

Aposto é o termo de caráter nominal que acompanha um substantivo ou pronome com o objetivo de explicar ou apreciar o assunto a que se refere. Normalmente, é assinalado entre vírgulas após uma ligeira pausa. Em casos especiais, pode vir assinalado por dois pontos, travessão ou parênteses.

Vejamos alguns exemplos a fim de compreender o conceito acima citado.

  • Débora, aluna do 6º ano, esteve gripada.
  • O Brasil, país da América Latina, sediará a Copa em 2014.
  • Nós, os meninos, queríamos encontrar os estragos da cheia. (J.L. do Rego em Menino de Engenho)
  • Eça de Queirós, grande escritor português, nasceu em 25 de novembro de 1845.
  • Durante sete anos, Jacó serviu Labão, pai de Raquel. (Rocha Lima)
  • Várias línguas – francês, espanhol, inglês – ela sabia.
  • Adriano (meu ex-namorado) me telefonou ontem.

Publicidade

Há outro tipo de aposto que não vem entre vírgulas, mas objetiva denominar o ser, especificando e individualizando o termo a que se refere. Acompanhe:

  • O poeta Fernando Pessoa
  • O rio Tietê
  • A cidade de São Paulo
  • O mês de agosto

Esse tipo de aposto por ser individualizante, recebe o nome de aposto de especificação e pode vir ou não preposicionado.

Viu como é simples?

Bom estudo!

Por: Miriã Lira

Veja também: