Home / Química / Elementos Químicos / A História da Tabela Periódica

A História da Tabela Periódica

Na história da tabela periódica, um dos esforços mais antigos, no sentido de se encontrar uma relação no comportamento dos elementos, resultou na identificação e na reunião de elementos com propriedades semelhantes em grupos de três, denominados tríades. Nessas tríades, a massa atômica de um elemento era aproximadamente a média aritmética dos pesos atômicos dos outros dois. Isto foi proposto pelo químico alemão J.W. Döbereiner, em 1829.

Vejamos algumas tríades.

Lítio – Sódio – Potássio
Cloro – Bromo – lodo

Em 1862, A. E. de Chancourtois ordenou os valores de massas atômicas ao longo de linhas es­pirais traçadas nas paredes de um cilindro, origi­nando o parafuso telúrico, em que os elementos com propriedades semelhantes estavam reunidos numa mesma linha vertical.

Parafuso telúrico - uma das primeiras classificações periódicas
ParafusoTelúrico de Chancourtois.

Em 1866, J. A. R. Newlands fez um arranjo dos elementos denominado lei das oitavas, por­que, a partir de um dado elemento, o oitavo é uma espécie de repetição do primeiro, ou seja, o primeiro e o oitavo elementos teriam proprieda­des semelhantes.

Lei das oitavas - uma das primeiras tabelas periódicas

Em 1869, Lothar Meyer e Dimitri Ivanovich Mendeleev, independentemente, criaram tabelas periódicas dos elementos (semelhantes à atual) onde os elementos eram dispostos em ordem crescente de massas atômicas. Essas tabelas fo­ram criadas quando se conheciam apenas 63 ele­mentos químicos.

Mendeleev organizou os elementos em linhas horizontais, chamadas períodos, e em linhas ver­ticais, denominadas grupos, contendo estes ele­mentos com propriedades semelhantes.

Tabela periódica de Mendelev

Nessa tabela, pode-se observar a existência de lacunas referentes a elementos não conhecidos, e de asteriscos (*), elementos que foram previstos por Mendeleev.

A classificação periódica elaborada por Mendeleev foi utilizada até 1913, quando Moseley verificou que as propriedades dos elementos eram dadas pela sua carga nuclear (número atômico – Z). Com esta descoberta foi possível corrigir algumas anoma­lias observadas por Mendeleev.

Tabela periódica atual: Os elementos são agrupados em ordem crescente de número atômico (Z), observando-se a repetição periódica de muitas de suas propriedades.

Veja também:

Veja também

lata-aluminio

Propriedades do Alumínio

Descoberto em 1825, o alumínio é produzido em quantidades maiores do que qualquer outro metal ...

Comentários