Corpo Humano

Pequena e Grande Circulação

No sistema cardiovascular humano a circulação é considerada dupla, porque o sangue passa duas vezes pelo coração para completar seu percurso, realizando, assim, dois circuitos, a pequena circulação ou circulação pulmonar e a grande circulação ou circulação sistêmica.

Pequena circulação

É o transporte do sangue aos pulmões.

A  pequena circulação (pulmonar) inicia-se na artéria pulmonar (que sai do ventrículo direito), seguindo pelas arteríolas pulmonares, capilares pulmonares (até os alvéolos, onde ocorrem as trocas gasosas).

Até os alvéolos, o sangue é rico em gás carbônico; após a hematose, passa a ser rico em oxigênio. O sangue continua seu trajeto pelas vênulas pulmonares, veias pulmonares, até desembocar no átrio esquerdo do coração.

Grande circulação

É o transporte do sangue a todo o organismo.

A grande circulação (sistêmica) inicia-se no ventrículo esquerdo, onde o sangue é bombeado para a artéria aorta, cujas ramificações que reduzem seu calibre em artérias, arteríolas e capilares chegam a todos os tecidos.

O sangue, rico em oxigênio e em nutrientes, é distribuído às células, que liberam suas excretas e gás carbônico, tornando o sangue rico nessas substâncias. Nesse momento, o sangue é capturado pelos capilares, pelas vênulas e pelas veias que desembocam no átrio direito.

Representação esquemática do sistema cardiovascular, destacando a  dupla circulação.
A pequena e a grande circulação.

Acompanhe como é o trajeto entre as duas circulações

Se seguirmos uma hemácia percorrendo todo o corpo, a partir do átrio direito, ela passa pelo ventrículo direito, é impulsionada por este e sai do coração pela artéria pulmonar, tem o início a pequena circulação.

A artéria pulmonar se divide em duas artérias, e cada uma se dirige a um pulmão. Dentro dos pulmões, as artérias vão se dividindo em artérias cada vez menores, até chegarem a capilares que estão em contato com os alvéolos pulmonares. A hemácia chega por este caminho a um alvéolo pulmonar.

No alvéolo, ela libera o dióxido de carbono que transportava e capta o oxigênio.

Os capilares que saem dos alvéolos vão desembocando em veias e estas em veias maiores. Assim, a hemácia regressa ao coração por uma das quatro veias pulmonares.

As veias pulmonares desembocam no átrio esquerdo e inicia-se a grande circulação. A hemácia passa ao ventrículo esquerdo, que a impulsiona com grande potência, e sai do coração pela artéria aorta.

A artéria aorta se ramifica e dela partem muitas artérias que vão para todas as partes do corpo. Assim, a hemácia que seguimos poderá se dirigir à cabeça, ao braço ou ao abdome. Em qualquer dessas partes, a hemácia chega aos capilares e fica muito próxima das células. Então, libera oxigênio e recolhe gás carbônico.

A hemácia volta ao coração por veias cada vez maiores até que entra no átrio direito pela veia cava superior ou veia cava inferior. Termina, assim, a viagem da hemácia começando tudo novamente.

Resumo

A pequena circulação transporta sangue do coração aos pulmões e, destes, novamente ao coração (coração – pulmão – coração). A grande circulação conduz o sangue do coração a todos os órgãos do corpo e é responsável pelo seu retorno ao coração (coração – corpo – coração).

Por: Wilson Teixeira Moutinho

Veja também: