Home Biologia > Ecologia > Pirâmides Ecológicas

Pirâmides Ecológicas

As pirâmides ecológicas são representações do fluxo de matéria e energia no ambiente. Cada uma delas é constituída por uma série de degraus ou retângulos superpostos, representando os diversos níveis tróficos da cadeia alimentar. Existem três tipos de pirâmides ecológicas: de número, de biomassa e de energia.

Publicidade

Pirâmide de números

Considerando-se uma cadeia alimentar aquática: algas – microcrustáceos – peixes – garças, verifica-se que muitas algas são necessárias para alimentar um microcrustáceo; diversos microcrustáceos alimentam um peixe e uma garça precisa de muitos peixes para matar a fome. Desse modo, a quantidade de organismos diminui em cada nível trófico, a partir dos autótrofos.

Podemos representar as pirâmides ecológicas de números de duas maneiras: direta (base maior) e invertida (base menor).

A base é menor na pirâmide invertida, porque o produtor é de grande porte. Nesse caso, uma árvore pode fornecer grandes quantidades de alimentos para os níveis tróficos seguintes.

Pirâmides ecológicas de números.
Pirâmide direta (A) e pirâmide invertida (B).

Pirâmide de biomassa

Corresponde à matéria orgânica que forma o corpo dos seres vivos. Assim como as de números, as pirâmides ecológicas de biomassa também podem ser diretas ou invertidas (indiretas). No caso das diretas (maioria), o ápice é voltado para cima, indicando maior quantidade de matéria nos produtores durante um certo período.

Publicidade
Pirâmide ecológica de biomassa.
Pirâmide de biomassa direta.

As invertidas ocorrem em cadeias aquáticas, onde a biomassa das algas é menor que a dos consumidores primários, como os microcrustáceos (zooplâncton). A explicação é simples: as algas reproduzem-se rapidamente, repondo os organismos consumidos; já os crustáceos se multiplicam mais lentamente. Por isso, em determinados períodos, a massa das algas pode ser menor.

Pirâmide ecológica de biomassa.
Pirâmide de biomassa invertida.

 Pirâmide de energia

As pirâmides energéticas representam a quantidade de energia transferida de um nível trófico a outro. Cerca de 10 % da energia é transferida ao nível seguinte, pois os organismos armazenam nos tecidos corporais parte da energia que conseguem para se manterem em atividade. Na verdade, a energia química obtida é transformada principalmente em calor.

As pirâmides ecológicas de energia nunca podem ser invertidas, pois o fluxo energético sempre diminui na passagem para o nível trófico seguinte.

Pirâmide ecológica de energia.
Pirâmide de energia.

Por: Renan Bardine

Veja também: