Lançamento de Projéteis

Exercícios sobre lançamento de projéteis

Leia o artigo: Lançamento de Projéteis


Testes:

01. Um projétil é lançado com velocidade inicial de intensidade igual a 50 m/s. A trajetória faz na origem um ângulo de 37° com a horizontal. As intensidades da velocidade e da aceleração no ponto mais alto da trajetória são: Dados: sen 37° = 0,60; cos 37° = 0,80; g = 10 m/s2  Despreza-se o efeito do ar.  

      a) v = 40 m/s; a = zero;

      b) v = zero; a = zero;

      c) v = 40 m/s; a = 10 m/s2;

      d) v = 30 m/s; a = zero;

      e) v = zero; a = 10 m/s2.  
 

02. Em um local onde o efeito do ar é desprezível e g = 10 m/s2 um nadador salta de um trampolim de 12m de altura e atinge a água a uma distância de 6,0 m, medida horizontalmente da borda do trampolim, em um intervalo de tempo de 2,0s. A velocidade do nadador no instante do salto tem intensidade igual a: 

      a) 3,0 m/s

      b) 4,0 m/s

      c) 1,0 m/s

      d) 5,0 m/s

      e) 7,0 m/s  
 

03. (UECE) Num lugar em que g = 10 m/s2, lançamos um projétil com a velocidade de 100 m/s e formando com a horizontal um ângulo de elevação de 30°. A altura máxima será atingida após:  

      a) 3s

      b) 4s

      c) 5s

      d) 10s

      e) 15s  
 

04. (FEI) Um projétil é lançado a partir do solo, com velocidade de intensidade v0 = 100 m/s. Quando retorna ao solo, sua distância ao ponto de lançamento (alcance) é de 1000 m. A menor velocidade do projétil durante seu movimento é aproximadamente: 

      a) zero;

      b) 100 m/s

      c) 87 m/s

      d) 70 m/s

      e) 50 m/s  
 

05. Ganhou destaque no voleibol brasileiro a jogada denominada "jornada nas estrelas", na qual a bola arremessada de um lado da quadra sobe cerca de 20 m de altura antes de chegar ao adversário do outro lado. Quanto tempo, em segundos, a bola permanece no ar? Adote g = 10 m/s2 e não considere o efeito do ar.  

      a) 20

      b) 10

      c) 5,0

      d) 4,0

      e) 2,0  
 

06. No exato instante em que o revólver é acionado, no esquema da figura, a pessoa inicia uma queda livre vertical a partir do repouso. Desprezando-se resistência e empuxo do ar, considerando o campo de gravidade uniforme e desejando-se que o projétil atinja o coração da pessoa, escolha a posição conveniente para o cano do revólver:  

      a) I

      b) II

      c) III

      d) IV

      e) V   
 

07. (UNIP) Um atirador aponta um fuzil diretamente para um pequeno pássaro parado no alto de uma árvore. 

 

 

Não se considera afeito do ar e admite-se o campo de gravidade uniforme. No exato instante em que o projétil é disparado, o pássaro inicia um movimento de queda livre, a partir do repouso. Supondo que o alcance horizontal do projétil seja maior que D, assinale a opção correta:  

 a) a trajetória do projétil será retilínea e ele passará acima do pássaro;

 b) a trajetória do projétil será parabólica (em relação ao solo) e o projétil certamente atingirá o pássaro;

 c) a trajetória do projétil será parabólica (em relação ao solo) e o projétil passará abaixo do pássaro;

 d) a trajetória do projétil será parabólica (em relação ao solo) e o projétil passará acima do pássaro;

 e) a trajetória do projétil será parabólica (em relação ao solo) e o projétil não atingirá o pássaro.   
 

08. (UNIP) Em uma região onde o efeito do ar é desprezível e o campo de gravidade é uniforme, dois projéteis A e B são lançados a partir de uma mesma posição de um plano horizontal. O intervalo de tempo decorrido, desde o lançamento até o retorno ao solo horizontal, é chamado de tempo de vôo. 

Sabendo que os projéteis A e B atingem a mesma altura máxima H e foram lançados no mesmo instante, podemos concluir que: 

 a) os projéteis foram lançados com velocidades de mesma intensidade;

 b) as velocidades dos projéteis no ponto mais alto da trajetória são iguais;

 c) os ângulos de tiro (ângulo entre a velocidade de lançamento e o plano horizontal) são complementares;

 d) a cada instante os projéteis A e B estavam na mesma altura e o tempo de vôo é o mesmo para os dois; 

 e) durante o vôo, os projéteis têm aceleração diferentes. 
 

09. (CESGRANRIO) Para bombardear um alvo, um avião em vôo horizontal a uma altitude de 2,0 km solta uma bomba quando a sua distância horizontal até o alvo é de 4,0 km. Admite-se que a resistência do ar seja desprezível. Para atingir o mesmo alvo, se o avião voasse com a mesma velocidade, mas agora a uma altitude de apenas 0,50 km, ele teria que soltar a bomba a uma distância horizontal do alvo igual a: 

      a) 0,25 km

      b) 0,50 km

      c) 1,0 km

      d) 1,5 km

      e) 2,0 km  
 

10. (ITA) Um avião de bombardeio voa a uma altitude de 320 m com uma velocidade de 70 m/s e surpreende uma lancha torpedeira viajando a 20 m/s na mesma direção e sentido do avião. A que distância horizontal atrás da lancha o avião deve lançar a bomba para atingi-la? Adote g = 10m . s-2 

      a) 560 m

      b) 160 m

      c) 400 m

      d) 2 100 m

      e) 600 m

 

 

Resolução:

 

01 - C 02 - D
03 - C 04 - D
05 - D
06 - C 07 - B
08 - D
09 - E
10 - C



Comente!

Receba novidades

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o