Home » História » Guerras » Segunda Guerra Mundial

Segunda Guerra Mundial

O fato conhecido como Segunda Guerra Mundial, transcorrido entre 1939 e 1945, nada mais foi que uma configuração da guerra anterior.

Sabe-se que ela começou na Europa, mais particularmente devido a uma ofensiva da Alemanha, sendo uma das principais causas o Tratado de Versalhes.

Este tratado assinado em 1919 e que encerrou oficialmente a Primeira Guerra Mundial determinava que a Alemanha assumisse a responsabilidade por ter causado a Primeira Guerra e obrigava o país a pagar uma dívida aos países que saíram prejudicados, além de outras exigências como o impedimento de formar um exército reforçado e o reconhecimento da independência da Áustria.

Estas situações trouxeram revolta aos alemães, que consideraram tais obrigações uma verdadeira humilhação.

A EUROPA ÀS VÉSPERAS DO CONFLITO

Tendo em vista que o fato de que a Segunda Guerra Mundial foi continuação da anterior, deve-se buscar suas raízes mais profundas na forma como a Europa se organizou no fim da Primeira Guerra e após a crise de 1929.

É evidente que os vencidos e vencedores não se entenderam na mesa de negociações. Os vários tratados de paz, sobretudo o de Versalhes, mostraram claramente que a Alemanha foi considerada, pelos vitoriosos, a única culpada pela guerra e, portanto, humilhada com a perda de suas riquezas, de seu território, de seu exército e de sua população.

Segunda Guerra MundialSobre as causas que influenciaram para o início de uma guerra que disseminou milhares de pessoas, sendo considerado um genocídio, foram várias.

O primeiro fator foi o surgimento, na década de 30, de governos totalitários regidos em sua maioria pelo fascismo, como o de Hitler que pretendia expandir o território do país germânico desrespeitando o Tratado de Versalhes. 

A Alemanha enfrentando grave crise econômica, juntamente com Itália uniu-se ao Japão e formaram o Eixo que tinha como principal objetivo o de expandir território conquistando territórios vizinhos e ilhas próximas às suas regiões, fazendo um acordo com características militares e com planos em acordo para executar estas conquistas. 

O primeiro território invadido no ano de 1939 pela Alemanha foi a Polônia e imediatamente depois os países França e Inglaterra e depois de algum tempo também União Soviética, Inglaterra e Estados Unidos se uniram para declarar guerra à Alemanha formando o grupo dos Aliados.

Estes aliados foram fundamentais para o fim da segunda guerra mundial, do contrário nem saberíamos a que ponto os governantes tiranos teriam chegado.
 

FASES DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

As forças em luta nesta guerra ficaram conhecidas como Forças de Eixo, resultantes do Pacto de Berlim, Roma e Tóquio, assinado entre Alemanha, Itália e Japão em setembro de 1940; e Força Aliada, Inglaterra, França e depois União Soviética, Estados Unidos, Brasil e outros países de menor expressão.

Essa guerra mais que a anterior, atingiu os cinco continentes. Somente o continente americano não serviu diretamente como palco de luta.

Para fins de estudo, pode-se dividir a Segunda Guerra Mundial em duas grandes fases.

A primeira compreendeu os anos iniciais (setembro a 1939 a junho de 1942), quando no continente europeu, as divisões alemãs agiram praticamente como um rolo compressor sobre a Força Aliada. A partir de 1941, as tropas japonesas fizeram o mesmo no Extremo Oriente (Ofensiva do Eixo Vitoriosa).

A segunda fase começou neste período e foi até os anos finais, quando a partir da entrada dos Estados Unidos (Pearl Harbor – 1941) e da (batalha de Stalingrado - 1943) iniciou-se a Contenção da Ofensiva do Eixo, seguida da derrocada final com a vitória dos Aliados.


Fatos Históricos Importantes

♦ 1939-1941: vitórias do Eixo, lideradas pelas forças armadas da Alemanha – conquistou o Norte da França, Iugoslávia, Polônia, Ucrânia, Noruega e territórios no norte da África. O Japão anexou a Manchúria, enquanto a Itália conquistava a Albânia e territórios da Líbia.

1941: Japão ataca a base militar norte-americana Pearl Harbor – EUA entram na Guerra como Aliados.

1941-1945: derrotas do Eixo, iniciadas com as perdas sofridas pelos alemães no rigoroso inverno russo – regressão das forças do Eixo que sofrem derrotas seguidas. Com a entrada dos EUA, os aliados ganharam força nas frentes de batalhas.

O Brasil participa diretamente, enviando para a Itália os pracinhas da FEB, Força Expedicionária Brasileira. Os cerca de 25 mil soldados brasileiros conquistam a região, somando uma importante vitória ao lado dos Aliados.  
 

Final DA GUERRA e ConseqUências

Em 1945, Alemanha e Itália se rendem. O Japão, último país a assinar o tratado de rendição, ainda sofreu um forte ataque dos Estados Unidos, que despejou bombas atômicas sobre as cidades de Hiroshima e Nagazaki.

Foram milhões de mortos e feridos, cidades destruídas, indústrias e zonas rurais arrasadas e dívidas incalculáveis.

O racismo esteve presente e deixou uma ferida grave, principalmente na Alemanha, onde os nazistas mandaram para campos de concentração e mataram aproximadamente seis milhões de judeus. Foi criada a ONU (Organização das Nações Unidas), cujo objetivo principal seria a manutenção da paz entre as nações.


O PÓS-GUERRA

A Segunda Guerra Mundial provocou uma alteração significativa de forças no mundo. Seu término marcou também o surgimento de duas superpotências.

De um lado, liderando as democracias liberais, estavam os Estados Unidos, de outro, o bloco socialista, com a URS, exercendo um papel destacado. A partir de 1949, esse bloco foi ampliado com a incorporação da China.

O final da guerra conheceu também a desagregação dos impérios coloniais que ainda sobreviviam, no processo conhecido como descolonização.

Para definir a nova relação de forças internacionais, cunharam-se duas expressões: superpotências e bipolarização – mostrando que o planeta se encontrava dividido em duas zonas de influência econômica, política e ideológica, controladas respectivamente pelos EUA e URSS.

Finalmente, os avanços tecnológicos provocados pela guerra resultaram em numerosas aplicações pacíficas, que vão desde a penicilina até o radar ou a propulsão a jato para os aviões.

REFERÊNCIAS

ARRUDA. José Jobson de A. PILETTI. Nelson. Toda a História. História Geral e História do Brasil. Editora Ática: 9ª Edição.

COTRIM. Gilberto. História Global: Brasil e Geral. Editora Saraiva. Volume Único. 7ª Edição: 2003. 1ª Tiragem, 2003.

NADAI. Elza. NEVES. Joana. História Geral: Moderna e Contemporânea. Editora Saraiva. 11ª Edição, 1996.

Por: Iara Maria Stein Benítez, atualizado em 18/09/2012


Veja também:



Comente!

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o