Home » Português » Frase, Oração e Período

Frase, Oração e Período

Vamos tratar de alguns elementos constituintes dos textos, como a frase, a oração e o período, tentando observar as principais diferenças entre eles.

Frase é um enunciado de sentido completo, que transmite determinada mensagem. Ela termina em sinais de pontuação, seja o ponto final, a exclamação, a interrogação, os dois-pontos ou as reticências. A frase pode ser verbal (possuir verbo) ou nominal (sem verbo).

Oração é um enunciado com verbo ou locução verbal (necessariamente há verbo na oração).

Período é a frase organizada em oração ou orações, terminada também em ponto. Ele pode se caracterizar como período simples - quando possui apenas uma oração - ou período composto - quando possui mais de uma oração.

Exemplos:

"Assim como Jimena, Urraca também amava Rodrigo Dias de Bivar".
É uma frase de um período simples, pois possui apenas uma oração.

"Um sentimento nasceu espontaneamente em seu coração, sem que pudesse impedi-lo, e somente revelado à sua aia".
Esta já é uma frase de período composto, por possuir três orações.

"Sabia que se tratava de um amor impossível, pois, sendo ela uma princesa, somente poderia se casar com um príncipe".
Aqui o período é composto, com quatro orações.

"Para aplacar sua paixão, Urraca resolveu aproximar Rodrigo e Jimena, sem que eles suspeitassem dos motivos que a levavam a isso: ela acreditava que, com o casamento dos dois, seria mais fácil esquecê-lo".
Período composto, com sete orações.

"E lutava, em vão, para afastar Rodrigo dos seus pensamentos".
Por fim, mais um período composto, com duas orações.

Exemplos de frase, oração e período

As distinções entre frase e oração

Frase é uma unidade que possui sentido completo, ou seja, é um todo que exprimi significado, podendo ser curta, média ou longa, além de transmitir sentimentos, ideias, ordens e desejos ao interlocutor.

Acompanhe alguns exemplos de frase:

  1. Corra!
  2. “Do teu Príncipe ali te respondiam
    As lembranças que na alma lhe moravam,
    Que sempre ante seus olhos te traziam
    Quando dos teus fermosos se apartavam:
    De noite, em doces sonhos que mentiam;
    De dia, em pensamentos que voavam;
    E quanto enfim cuidava e quanto via
    Era tudo memórias de alegria.”
    (CAMÕES, Os Lusíadas, III, 121 apud ROCHA LIMA, 2011, p. 285)
  3. Bela blusa!
  4. Não fume!
  5. Com quem você esteve ontem?

Agora que já falamos sobre frase, saiba que toda oração é frase, mas nem toda frase é oração. Sabe por quê? A oração é constituída de sujeito e predicado, logo, possui verbo ou locução verbal. Então aqui você já consegue perceber a diferença entre frase e oração? A frase privilegia a forma e tem sentido completo como você viu no exemplo 1: Corra!  Entretanto a frase exemplar não pode ser classificada como oração, pois não está dividida em sujeito e predicado, nem possui verbo ou locução verbal. Já a frase “Eu e minha prima viajamos para o Beto Carrero World” pode ser identificada como oração, visto que se divide em sujeito (Eu e minha prima) e predicado (viajamos para o Beto Carrero World), assim como possui verbo (viajamos).

Agora para fixar, veja outros exemplos de oração:

  1. As férias de julho estão mais próximas.
  2. “Vivendo, se aprende; mas o que se aprende, mais é só a fazer outras maiores perguntas.”
    (ROSA, João Guimarães. 1986. p.385-86)
  3. Você já teve a impressão de estar vivendo algo já vivido antes?
  4. Eu combinei com você às 14 horas e não às 13.
  5. Finalmente nós conseguimos realizar o nosso sonho!

Lembre-se: basta analisar se a frase lhe transmitiu uma mensagem e se a oração biparte-se em sujeito e predicado. Então ficará fácil identificar se uma frase pode ser oração ou não.

Por: Miriã Lira, atualizado em 11/09/2012
 

Veja também:



Comente!

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados: Proibida a reprodução sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98)

O Cola da Web auxilia sua vida escolar e acadêmica ajudando-o em suas pesquisas e trabalhos. O Cola da Web NÃO faz a venda de monografia e É TOTALMENTE CONTRA a compra de trabalhos prontos, assim como, NÃO APOIA e NÃO APROVA quem deseja comprar Trabalhos Prontos, por isso nós incentivamos o usuário a desenvolver por conta própria o seu trabalho escolar, TCC ou monografia.
R7 Educa‹o