Home Biologia > Genética > O que são mutações e como ocorrem

O que são mutações e como ocorrem

Mutações são alterações que ocorrem no material genético, DNA ou RNA. Muitas dessas alterações podem promover o surgimento de anomalias, como câncer, ou de outras doenças como o albinismo, hemofilia etc. No entanto, as mutações são importantes ferramentas evolutivas porque geram variabilidade genética.

Publicidade

Os mecanismos de recombinações gênicas (crossing over e a segregação independente dos cromossomos homólogos) promovem a recombinação de genes que condicionam características já existentes. As mutações podem criar um novo gene que condicione uma nova característica na população.

Para perceber a importância desse fenômeno, imagine quantas novas características foram surgindo de um grupo animal para outro, desde os poríferos até os cordados; ou entre os diferentes grupos de cordados, de peixes a seres humanos.

Exemplo de mutação.
Mutações são alterações no material genético. Compostos radioativos podem provocar alterações nas bases nitrogenadas do DNA, provocando mutações.

No neodarwinismo, vimos que as mutações são causas de variabilidade genética que sofre ação da seleção natural. As mutações ocorrem independentemente do valor adaptativo, ou seja, a chance de uma mutação produzir pelos longos e brancos em um urso é a mesma no Polo Norte ou em uma floresta.

Publicidade

O que vai dizer se uma mutação propiciou o surgimento de uma característica vantajosa ou não é o meio em que os indivíduos portadores da mutação estão. Se ela conferir vantagem em termos de sobrevivência e reprodução, tende a se perpetuar na população, caso contrário, tende a ser extinta ou diminuir a sua frequência na população.

Como as mutações ocorrem

As mutações podem ocorrer espontaneamente, como, por exemplo, em erros na replicação do DNA. A enzima DNA polimerase, quando está duplicando o DNA, pode cometer erros, substituindo uma base nitrogenada por outra. No entanto, fatores externos podem induzir as mutações quando o organismo é exposto a altas doses:

  • raios ultravioleta: alteração no DNA das células epiteliais, propiciando o surgimento de câncer de pele.
  • substâncias radioativas: vazamentos em usinas nucleares, bombas atômicas, equipamentos de raios X etc.
  • compostos químicos: agrotóxicos, cigarro, conservantes etc.

As mutações podem ocorrer em células somáticas ou germinativas. No entanto, para que uma mutação seja hereditária, ou seja, transmitida à descendência, é preciso que ocorra a alteração no DNA de células germinativas, ou seja, de células envolvidas com a produção de gametas. Alterações no DNA do zigoto também serão hereditárias, visto que serão transmitidas a todas as outras células, germinativas e somáticas.

Veja os tipos de mutações existentes: Mutação Gênica e Mutação Cromossômica.