Home Doenças > Doenças Causadas por Protozoários

Doenças Causadas por Protozoários

Várias doenças, denominadas protozooses ou protozoonoses, são causadas por pro­tozoários parasitas. As mais comuns na população brasileira são: doença de Chagas, malária, amebíase, giardíase, leishmaniose ou úlcera de Bauru, tricomoníase e toxoplasmose.

Publicidade

Os termos utilizados com frequência no estudo dos parasitas e das doenças por eles causadas estão descritos a seguir.

  • Agente etiológico: parasita causador da doença.
  • Vetor: organismo capaz de transmitir um parasita, de maneira ativa ou passiva.
  • Hospedeiro definitivo: organismo que apresenta o parasita em fase adulta ou de reprodução sexuada.
  • Hospedeiro intermediário: organismo que apresenta o parasita em fase larvária ou de reprodução assexuada.
  • Reservatório natural: ser vivo ou substrato (como o solo) em que um parasita pode viver e se reproduzir, e a partir de onde pode ser veiculado para um hospedeiro; não sofre com o parasitismo.
  • Sintomas: reações do organismo hospedeiro à presença do parasita.
  • Profilaxia: conjuntos de medidas para evitar a doença ou a sua propagação.
  • Ciclo de vida monoxênico ou mono­genético: quando apenas um hospedeiro está envolvido.
  • Ciclo de vida heteroxênico ou dige­nético: quando dois ou mais hospedeiros estão envolvidos.

Doenças causadas por protozoários

a) Disenteria ou Amebíase:

   Parasita – Entamoeba histolytica
•   Sintomas – Dores abdominais, diarréia, náuseas, etc.
•   Transmissão – Água e alimentos contaminados

b) Tricomoníase:

•   Parasita – Trichomonas vaginalis
•   Sintomas – Homem – Uretite
•   Mulher – Prurido, edema, leucorréia
•   Transmissão – Relações sexuais, objetos contaminados

c) Giardiáse:

  • Parasita – Giardia lamblia
  • Sintomas – Cólicas, náuseas, diarréia, etc.
  • Transmissão – água e alimentos contaminados

d) Leishmaniose:

      – Úlcera de Bauru

Publicidade
  • Parasita – Leishmania brasiliensis
  • Sintomas – Ulcerações naso-buco-faringo-laringeana
  • Transmissão – Transmitida mosquito Phlebotomos

      – Botão do Oriente

  • Parasita – Leishmania trópica
  • Sintomas – Ulcerações cutâneas
  • Transmissão – Transmitida pelo mosquito Phlebotomos

      – Mal de Kalazar

  • Parasita – Leishmania dono vani
  • Sintomas – Ataca o fígado, rins, etc.
  • Transmissão – Transmitida pelo mosquito Phlebotomos

e) Doença do Sono ou Tripanossomíase Africana:

  • Parasita – Tripanossomo gamiens
  • Sintomas – Letargia, sonolência, ataca o sistema nervoso central, anemia (morte)
  • Transmissão – mosca tsé-tsé

f) Tripanossomíase Americana ou Doença de Chagas: (não tem cura)

  • Parasita – Trypanosoma cruzi
  • Sintomas – Cardiomegalia, hipotensão, (morte)
  • Transmissão – Triatoma (barbeiro)

g) Malária ou Impaludismo ou Febre Malita:

  • Parasita – Plasmodium (gênero)
  • Sintomas – Acessos de febre, calafrios, anemia
  • Transmissão – Anopheles

OBS: Os esporozoítos entram na nas células hepáticas, onde se tornam merozoítos por esquizogonia, por sua vez, os merozoítos podem se transformar em gametócitos ou penetrar nas hemácias. Caso eles entrem nas hemácias, transformam-se em trofozoido e por esquizogonia, transformam se em novos merozoítos, o que leva a plasmoptíase da hemácia (rompimento).

OBS2: Quando as hemácias se rompem, levam herozoína, e essa substância causa a febre.

OBS3: No mosquito, o ciclo se dá da seguinte forma: os gametócitos se transformam em gametas, por reprodução sexuada, que sofrem fecundação dando origem ao zigoto, esse por sua vez sofre reprodução por esporogonia e se transforma em esporozóitos.

OBS4: O homem é o hospedeiro intermediário e a reprodução assexuada do esporozoíto ou do trofozoido no mesmo, é denominada esquizogonia. Já o mosquito (Anopheles) é o hospedeiro definitivo e a reprodução assexuada do zigoto no mesmo é chamada de esporogonia.

Veja também: