Home Geografia > Distribuição da água no mundo

Distribuição da água no mundo

A água no mundo se caracteriza pela interação cíclica da água nos estados líquido, sólido e gasoso (ciclo hidrológico). Drenagem, precipitação, percolação, evaporação, transpiração e infiltração são os principais elementos do ciclo da água.

Publicidade

Em nível mundial, a distribuição desigual da água é associada aos diferentes índices pluviométricos e a fatores geológicos. A zona intertropical é a mais chuvosa, com destaque para a África central, o Brasil e o Sudeste Asiático; as menos chuvosas são o norte da África e o Oriente Médio. A África do Sul e a Rússia também apresentam baixos índices de pluviosidade. No continente europeu, os índices pluviométricos variam: em alguns países, chove ao redor de 500 mm/ano e, em outros, cerca de 1500 mm/ano.

Analisando a tabela abaixo, constata-se que 97,5% da água do planeta é salgada. A água doce corresponde a 2,5% do total de água da Terra e está concentrada em áreas que dificultam o seu aproveitamento (cumes gelados em grandes altitudes e continente Antártico).

Distribuição natural da água.
Unesco & WWAP. Como os valores passam por diversos arredondamentos, os totais indicados não equivalem à soma das partes.

Os aquíferos são recarregados de forma mais eficiente onde as rochas (arenito) apresentam maior permeabilidade.

Publicidade

Analisando o mapa abaixo, conclui-se que a Austrália, os países da África central e a América do Sul apresentam elevada disponibilidade de água per capita.

Mapa da distribuição da água no mundo.
Distribuição política da água.

É importante salientar que, em vários países da América do Sul e da África central, apesar da oferta hídrica, faltam investimentos em infraestrutura (saneamento básico), o que dificulta o acesso à água a uma grande parcela da população de baixa renda.

A menor disponibilidade de água ocorre no chamado mundo muçulmano, com destaque para os países do norte da África e alguns países do Oriente Médio.

No Japão e nos países europeus, o elevado consumo na indústria e na agricultura reduz a disponibilidade de água para a população.

Por: Wilson Teixeira Moutinho

Veja também: