Português

Verbos Regulares e Irregulares

Os verbos que não apresentam nenhuma alteração em seu radical ou nas desinências são considerados verbos regulares. Portanto, os verbos que ao serem conjugados sofrem alterações no radical e nas desinências são denominados de verbos irregulares.

Para identificar se o verbo é regular ou irregular, você precisa conjugá-lo no presente ou no pretérito perfeito do indicativo. Caso ele siga o mesmo modelo de conjugação nesses dois tempos verbais, significa que nos outros também será, portanto, será regular, caso contrário, ele será irregular.

Verbos regulares

Como verificar se um verbo é regular:

Beber – 2ª conjugação

Presente do indicativo
Beb-o (vend-o)
Beb-es (vend-es)
Beb-e (vend-e)
Beb-emos (vend-emos)
Beb-eis (vend-eis)
Beb-em (vend-em)

Verbos regulares e irregularesPretérito perfeito do indicativo
Beb-i (vend-i)
Beb-este (vend-este)
Beb-eu (vend-eu)
Beb-emos (vend-emos)
Beb-estes (vend-estes)
beb-eram (vend-eram)

Comparado com o seu paradigma (vender), o verbo beber:

1) Conserva o mesmo radical, beb, em todas as pessoas do presente e do pretérito perfeito do indicativo.
2) Possui as mesmas desinências do seu paradigma (vender).
Conclusão: o verbo beber é um verbo regular.

Verbos irregulares

São os verbos que, em algum tempo ou pessoa, apresentam alteração no radical ou nas desinências.

Para saber se um verbo é irregular, deve- se conjugá-lo no presente do indicativo e no pretérito perfeito do indicativo. Se houver qualquer irregularidade, ela aparecerá em um desses tempos.

Observe o verbo pedir (radical = ped):

Presente do indicativo
*Peç-o
Ped-es
Ped-e
Ped-imos
Ped-is
Ped-em

Pretérito perfeito do indicativo
Ped-i
Ped-iste
Ped-iu
Ped-imos
Ped-istes
Ped-iram

*Houve mudança no radical: peç no lugar de ped. O verbo pedir, portanto, é um verbo irregular.

Outro exemplo:

Verbo estar – 1ª conjugação (radical = est):

Presente do Indicativo
Est-ou* (am-o)
Est-ás
Est-á
Est-amos
Est-ais
Est-ão

*A irregularidade apareceu já na 1ª pessoa do singular do presente do indicativo; portanto, não é necessário conjugar o verbo no pretérito perfeito do indicativo, pois já se manifestou a irregularidade. A desinência -ou não é a mesma do verbo amar (o), portanto o verbo estar é um verbo irregular.

É necessário saber conjugar os verbos para saber usá-los tanto na fala como na escrita.

Principais verbos irregulares:

Dizer
Presente do indicativo
Digo, dizes, diz, dizemos, dizeis, dizem
Pretérito perfeito do indicativo
Disse, disseste, disse etc.
Futuro do presente do indicativo
Direi, dirás, dirá etc.
Fazer
Presente do indicativo
Faço, fazes, faz, fazemos, fazeis, fazem
Pretérito perfeito do indicativo
Fiz, fizeste, fez, fizemos, fizestes, fizeram
Futuro do presente do indicativo
Farei, farás, fará etc.
Ir
Presente do indicativo
Vou, vais, vai, vamos, ides, vão
Pretérito perfeito do indicativo
Fui, foste, foi, fomos, fostes, foram
Futuro do presente do indicativo
Irei, irás, irá, iremos, ireis, irão
Futuro do subjuntivo
For, fores, for, formos, fordes, forem
Querer
Presente do indicativo
Quero, queres, quer, queremos, quereis, querem
Pretérito perfeito do indicativo
Quis, quiseste, quis, quisemos etc.
Presente do subjuntivo
Queira, queiras, queira, queiramos, queirais, queiram
Ver 
Presente do indicativo
Vejo, vês, vê, vemos, vedes, veem
Pretérito perfeito do indicativo
Vi, viste, viu, vimos, vistes, viram
Futuro do presente do indicativo
Verei, verás, verá etc.
Futuro do subjuntivo
Vir, vires, vir, virmos, virdes, virem
Vir
Presente do indicativo
Venho, vens, vem, vimos, vindes, vêm
Pretérito perfeito do indicativo
Vim, vieste, veio, viemos, viestes, vieram
Futuro do presente do indicativo
Virei, virás, virá etc.
Futuro do subjuntivo
Vier, vieres, viermos, vierdes, vierem

Por: Miriã Lira

Veja também: