Home Geografia > Continentes > Continente Americano – América

Continente Americano – América

Quando pensamos na América, vem sempre à mente o contorno que consta nos mapas. Essa é apenas uma das representações da realidade.

Publicidade

Para conhecer a América, é preciso pensar nos povos, na cultura, na língua, entre outros fatores. É preciso estudar o continente americano dos pontos de vista físico, econômico, social e territorial, já que apresenta grande diversidade de povos, culturas, tradições, condições de vida e desenvolvimento socioeconômico.

Localização

O continente americano, localizado a oeste da Europa e da África, na região ocidental do Atlântico, foi onde Cristóvão Colombo aportou em 1492, à procura de um novo caminho para as Índias a serviço dos reis católicos da Espanha.

Ele se estende por aproximadamente 42 milhões de quilômetros quadrados, sendo o segundo maior continente do mundo. Possui um formato alongado, com mais de 14 mil quilômetros de extensão na direção norte-sul.

Mapa do Continente Americano

A América localiza-se a oeste do meridiano de Greenwich, portanto no hemisfério oeste ou ocidental. É o único continente cortado por quatro dos cinco paralelos principais, que são:

  • Equador, que passa pelo norte da América do Sul, no Golfão Amazônico, e pela cidade de Quito, capital do Equador. Assim, a maior parte do continente americano está no hemisfério norte;
  • Trópico de Câncer, que passa pelo México;
  • Trópico de Capricórnio, que passa pelos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul (Brasil), Paraguai, norte da Argentina e Chile;
  • Círculo Polar Ártico, que passa ao norte do Canadá e Alasca (EUA).

A América, “cortada” por esses paralelos, está encaixada nas respectivas zonas de aquecimento de iluminação ou simplesmente zonas térmicas da Terra. O mapa a seguir ilustra esse fato.

Mapa das zonas térmicas do Continente Americano.

Os oceanos que banham o continente americano são: a leste, o oceano Atlântico; a oeste, o oceano Pacífico; e ao norte, o oceano Glacial Ártico.

Formação

Segundo a teoria de Wegener, a respeito da deriva dos continentes, o continente americano se formou a partir do rompimento de um gigantesco continente denominado Pangeia, que estava unido há mais de 300 milhões de anos.

Há cerca de 200 milhões de anos, essa massa começou a se romper. Ao norte formou-se um bloco denominado Laurásia, onde encontramos partes do que hoje é a América do Norte, e o bloco Gondwana, com partes que viriam a ser a América do Sul.

Publicidade

Ilustração de como a América se formou.

Divisão do Continente Americano

O continente americano está dividido geograficamente em três:

  • América do Norte
  • América Central
  • América do Sul

A América do Norte, com mais de 21 milhões de quilômetros quadrados, tem suas terras ocupadas por Canadá, Estados Unidos e México. Alguns livros consideram a Groenlândia (pertencente à Dinamarca) como integrante da região, o que eleva sua área total a mais de 23 milhões de Km2.

A América do Sul é formada por doze países e duas colônias (as ilhas Falklands, controladas pelo Reino Unido, e a Guiana Francesa, um departamento ultramarino da França).

A América do Norte está unida com a América do Sul por uma estreita faixa continental chamada de istmo, ocupado por sete países que integram a América Central.

Além da porção ístmica, a América Central também é formada por um conjunto de ilhas – tendo, portanto, parte continental e parte insular – que recebem a denominação de Antilhas e que podem ser divididas em: Grandes Antilhas, compostas de Cuba, Haiti, República Dominicana, Jamaica e Porto Rico (estado livre associado aos EUA), e Pequenas Antilhas, que formam dezenas de Estados livres e algumas colônias.

As Antilhas também recebem a denominação de Caribe ou região caribenha, por ser banhada pelo mar do Caribe.

Do ponto de vista histórico, cultural e socioeconômico, o continente americano pode ser dividido em:

Podemos concluir que a organização social estabelecida no espaço geográfico sofre transformações ao longo do tempo, levando a uma nova reorganização espacial.

No continente americano, as populações nativas foram praticamente dizimadas a partir da ocupação europeia, que estabeleceu várias colônias em todo o continente.

O início da transformação dessas organizações ocorreu com a chegada dos europeus, a partir do século XV (1492).

Já no século XVIII, novas transformações e organizações ocorreram a partir dos movimentos de independência, que tiveram início nos Estados Unidos e foram seguidos por outras colônias do continente americano.

Por: Wilson Teixeira Moutinho

Veja mais sobre o Continente Americano: