Home Geografia > Sistemas Agrícolas

Sistemas Agrícolas

Sistemas agrícolas são um conjunto de atividades técnicas, econômicas e sociais que prevalece em uma área de produção agropecuária.

Publicidade

Dependendo dessas atividades, como, por exemplo, o grau de mecanização, a oferta de crédito agrícola, as relações trabalhistas, a intensidade de utilização de insumos e a produtividade, podemos classificar em um sistema intensivo ou extensivo.

O sistema intensivo

As propriedades rurais que utilizam o sistema agrícola intensivo são aquelas que apresentam elevada produtividade, alto grau de mecanização, modernas técnicas de cultivo do solo e sustentabilidade.

Dizer que um sistema agropecuário é sustentável é o mesmo que dizer que não apresenta graves problemas de ordem ambiental, econômica ou social, ou seja, tem condições de existência que lhe dão grande autonomia e equilíbrio.

Ao longo do século XX, os países desenvolvidos e industrializados, possuidores de um consolidado desenvolvimento tecnológico, modernizaram suas atividades agropecuaristas e aumentaram consideravelmente sua produtividade. Isso lhes permitiu um uso cada vez menor da população economicamente ativa no setor primário da economia e trouxe grande migração para as cidades (êxodo rural). Nesses países, o emprego de agrotóxicos, de fertilizantes, de técnicas eficientes de manejo dos solos, de recursos da biotecnologia e da engenharia genética é bastante utilizado.

Produção agrícola difere de produtividade, no sentido de que na produção considera-se o total produzido e na produtividade, o quanto se produz por unidade agrária (hectares), mediante o grau de recursos técnicos utilizados.

Publicidade

Além da produtividade elevada, esses países possuem também uma elevada produção agrícola e são responsáveis por grande parte dos produtos agropecuários que circulam no mercado mundial. Mas, em que pese esta característica, as atividades do setor primário não têm grande peso para a economia desses países, representando em geral um percentual abaixo de 10% do PIB.

O sistema extensivo

O sistema agrícola extensivo é aquele que utiliza técnicas rudimentares, apresentando baixa produtividade e, em muitos casos, um subaproveitamento do espaço disponível para práticas agropecuárias.

Como é tradicional e, portanto, pouco mecanizado, geralmente utiliza grande parcela de mão de obra, e os países onde predomina acabam tendo uma grande concentração dos trabalhadores no setor primário.

No caso específico da pecuária, onde o gado se alimenta apenas com pastagens naturais, ocorrem com frequência perdas por falta de assistência médico-veterinária e o animal é criado solto.

Ao contrário do sistema intensivo, em países onde se pratica com predominância esse sistema agrícola, o setor primário tem grande peso para a economia nacional.

Por: Wilson Teixeira Moutinho

Veja também: