Home Biologia > Ecologia > Vegetação, Flora e Fauna dos Ecossistemas

Vegetação, Flora e Fauna dos Ecossistemas

MANGUEZAIS

Área de transição entre o mar e a terra firme, no manguezal forma-se um tipo de vegetação formada por arbustos que apresentam raízes-escoras e raízes respiratórias ou pneumatóforos. Não há vegetação rasteira e podem ser encontradas algumas epífitas, entre elas orquídeas e bromélias. O mangue possui uma alta disponibilidade de nutrientes minerais e de matéria orgânica.

Publicidade

TAIGA

Constituída por floresta de pinheiros, abertos e de várias espécies de conífera. Encontra-se alces, ursos, lobos, raposas, lebres, esquilos. A fauna de invertebrados é pobre.

FLORESTA TEMPERADA OU CADUCIFORME

Típica da Europa e América do Norte; uma característica da maioria das árvores é perder as folhas no outono. Nela destaca-se os carvalhos, bétulas, faias e bordas. Existem diversas espécies de arbustos e plantas herbáceas, algumas espécie de samambaias e também liquens

FLORESTA TROPICAL

Típica de regiões de clima quente e úmido da faixa equatorial do planeta. As árvores são altas. Há variedade e abundância de plantas epífitas, também de musgos e liquens. Fauna bastante diversificada. Há vários tipos de invertebrados. No Brasil cita-se a floresta amazônica, a maior floresta tropical do mundo. Um outro tipo de floresta tropical é a mata atlântica (situada nas encostas das montanhas) que margeiam o Oceano Atlântico.

Floresta Tropical

CAMPOS

Onde predomina a vegetação herbácea. Podem ser classificadas em dois tipos principais: Estepes e savanas

ESTEPES: Campos formados predominantemente por gramíneas. Localiza-se em regiões que atravessam períodos de seca no decorrer do ano.Exemplos de estepes são as pradarias norte-americanas e os pampas argentinos.

SAVANAS: São campos que além de gramíneas, possuem arbustos e árvores esparsas. São exemplos os campos africanos, asiáticos e australianos.

DESERTO

Típico de região de solo pobre em água e com baixos índices pluviométricos. A vegetação é rala e espaçada, constituída por gramíneas e eventualmente, por pequenos arbustos, nos locais onde alguma água se acumula.

FLORESTA AMAZÔNICA, HILÉIA OU PLUVIAL TROPICAL

Situa-se em regiões de clima quente e alto índice de chuvas. Ocupa os Estados: Acre, Amazonas, Pará, Rondônia, Amapá, Tocantins, Roraima e parte do Mato Grosso e Goiás. Vegetação densa; uma das maiores reservas de biodiversidade do planeta.

MATA ATLÂNTICA OU PLUVIAL COSTEIRA

Situa-se nas montanhas e planícies costeiras, desde o Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul. Foi destruída principalmente para ceder lugar às plantações de banana e cana-de-açúcar. Formada por árvores de grande porte.

MATA ARAUCÁRIA

Predomina o pinheiro do Paraná, estão presentes outras espécies coníferas, samambaias e gramíneas. A mata de araucária está adaptada a regiões de alta pluviosidade e temperaturas moderadas; estão praticamente extintas, cobriram uma grande porção dos Estados do Paraná e Santa Catarina, e partes do Rio Grande do Sul e São Paulo.

CAMPOS

Cerrados: encontrados principalmente em Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás. A vegetação é esparsa, as árvores tem casca grossa e troncos retorcidos. As regiões são quentes e com índices de chuvas relativamente elevados.

Publicidade

Pampas: Rio Grande do Sul predominam as gramíneas; condições propícias para a criação de gado.

CAATINGA

Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Bahia, e pelo norte de Minas Gerais. Apresenta árvores baixas e arbustos que perdem as folhas nas estações secas.

MATAS DE COCAIS OU BABAÇUAIS

Partes do Estado do Maranhão e Piauí. Predomina a palmeira conhecida como babaçu. A pluviosidade é elevada e a temperatura é amena

PANTANAL MATO GROSSENSE

Ocupa o oeste do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, estende-se ainda pelo Paraguai, Bolívia e Argentina, onde é conhecida pelo nome de chaco.

É uma vasta planície de inundação, cortada por inúmeros cursos de água.Os rios extravasam os leitos e inundam vastas áreas de planícies.

REGIÕES FAUNÍSTICAS OU ZOOGEGRÁFICAS

Existem 6 regiões biogeográficas

· Neártica: América do Norte, desde o norte do México até a Groelândia

Bois almiscarados, lemingues, caribus, cabras, coiotes, gambás, bisões, furões, linces, lebres, aves, diversos (falcões, cotovias, corujas e outras) , inúmeros répteis.

· Neotropical: América do Sul e Central, e no Sul do México.

Onças, guarás, tamanduás, condor,capivaras, antas, preguiças, tatus, hienas, pumas e jaguatiricas, araras, papagaios e falcões.

· Paleártica: Europa, Ásia e norte da África.

Bisões, javalis, cabras, ursos, toupeiras, esquilos, porcos-espinhos, macacos, veados, rouxinóis, pica-paus, cucos e muitos répteis.

· Etiópica: animais de maior porte África e parte da Ásia.

Elefantes, gorilas, hipopótamos, chipanzés, leões, búfalos, girafas, zebras, antílopes, hienas, rinocerontes, avestruzes.

· Australiana: Austrália e Ilhas do Pacífico

Ornitorrincos, équidnas, pássaros-liras, marsupiais (cangurus,e coalas), quivis, tuataras (um tipo de lagarto)

· Oriental a única que tem o tigre de bengala

Ásia, sul do Himalaia, comprometendo a Índia, as Filipinas e a Malásia. Rinocerontes, antas, tigres, gibões, panteras negras, galos silvestres.

Veja também: